Para celebrar a chegada do Natal e o encerramento da programação de 2016, a Cidade das Artes oferece ao público um dia inteiro de atividades totalmente gratuitas. No dia 17 de dezembro, o projeto Natal De Portas Abertas ocupará todos os espaços do complexo cultural, de 10h às 22h, com espetáculos de teatro, dança, música, literatura e artes visuais. Para os eventos em espaços fechados é obrigatória a retirada de senha 1 hora antes de cada espetáculo.

As atrações incluem as leituras dramatizadas de Fernanda Montenegro, a partir de contos de Nelson Rodrigues, e de Marco Nanini, do texto de “Ubu Rei”, seu próximo espetáculo; um show da Velha Guarda da Portela; oficinas com temática natalina; show de jazz com Leila Maria, entre outros. Além da programação cultural, o evento contará com food trucks estacionados no local.

Programação:

10h – Tapetes Contadores de Histórias – Sala de Leitura
Duração: 50min
Classificação: a partir de 3 anos
Dirigido por Cadu Cinelli e Warley Goulart, o grupo Os Tapetes Contadores de Histórias vai apresentar espetáculos e oficinas interativas.

10h às 12h e de 15h às 18h – Oficinas de Natal – Cristiana Queiroga – Praça
A designer Cristiana Queiroga ensina a criar brinquedos artesanais, enfeites de Natal, biscoitos de gengibre além de auxiliar na concepção de um presépio em argila e da árvore de Natal decorada com dizeres, desejos e enfeites.

11h – O Tratado da Senhora Clap – Francisco de Abreu – Sala Eletroacústica
Duração: 1h
Classificação Indicativa: a partir 7 anos
Inspirada em “A Senhora Clap e o Mundo na Palma das Mãos”, obra da autora portuguesa Marta Duque Vaz, a peça O Tratado da Senhora Clap conta a história de uma adorável personagem que investiga uma nova área do saber: a “aplausologia”, a arte de bater palmas em situações alegres ou tristes.

12h – Roda de Criança “Viajando pelo Brasil” – Grupo Céu na Terra – Esplanada
Duração: 1h
Classificação Indicativa: Livre
Formado por Daniel Fernandes, Vânia Santa Roza e Péricles Monteiro, integrantes do Núcleo de Cultura Popular Céu na Terra e ligados intimamente as tradições populares, o Roda de Criança é um espetáculo que celebra as festas, ritmos e danças da Cultura Popular Brasileira. A partir dos folguedos apresentados, originários de todo o Brasil, como a catira, o fandango, as toadas de boi, o cacuriá, o maracatu, o galope, as modas de viola e as cirandas,o público infantil participa ativamente das brincadeiras e aprende sobre nossa cultura de forma alegre e divertida.

14h – Coral da ACIJA – Foyer alto da Grande Sala
Criado em 2010 pelos maestros Paulo da Hora e D’Paula, ambos diretores da cooperativa de arte e cultura (Coopicarc), o Chorus Lux surge de forma independente e como um coro de um potencial técnico promissor, por contar com pessoas de larga experiência em Canto Coral, das Cidades de Niterói, Teresópolis, Maricá, Araruama e Rio de Janeiro.

14h30 – Pastoril – Grupo Céu na Terra – Esplanada
Duração: 1h
Classificação Indicativa: Livre
Encenação lúdica e original do nascimento de Jesus, o Pastoril do grupo Céu na Terra acontece há 16 anos e celebra as origens das festas natalinas. Ao mesclar elementos de festas brasileiras, como pastorinhas, lapinhas, folias de reis e reis de bois, o folguedo retrata as três jornadas vividas pelas pastoras e demais personagens até a lapinha, nascedouro do menino-jesus.

15h30 – Marco Nanini – “Ubu Rei” – Leitura dramatizada – Sessão 1 – Sala de Ensaio 1
Marco Nanini realiza uma leitura dramatizada de “Ubu Rei”, clássico do teatro moderno, escrito por Alfred Jarry, em 1896, que marcou o teatro de vanguarda e se destacou historicamente por apresentar inovações que não se praticavam na época. O texto dará origem ao novo espetáculo do ator, que completa 50 anos de carreira. A montagem, que estreia em março no Rio, será dirigida por Daniel Herz e contará com elenco composto pela Cia Atores de Laura, além da atriz convidada Rosi Campos.

16h – Orquestra de Barra Mansa – Nilton Soares, regente – Grande Sala
Reconhecida por sua versatilidade ao atuar com nomes da música popular (João Bosco, Milton Nascimento) e acompanhar importantes companhias de balé, como o Bolshoi, o Mariinsky e Balé do Teatro Alla Scala de Milão, a Orquestra de Barra Mansa tem recebido calorosos aplausos em suas apresentações nas principais salas de concerto do país desde a sua criação, em 2005.

17h Solistas do Concurso Internacional BNDES de Piano – Teatro de Câmara
Duração: 1h
Classificação Indicativa: Livre
Concerto com os classificados do Concurso Internacional BNDES de Piano de 2016.

18h – Fernanda Montenegro – “Nelson Rodrigues por ele mesmo” – Leitura dramatizada, a partir do livro de Sônia Rodrigues.- Sala de Ensaio 1

20h – Fernanda Montenegro – “Nelson Rodrigues por ele mesmo” – Leitura dramatizada, a partir do livro de Sônia Rodrigues, seguida de um bate-papo.- Sessão 2 – Sala de Ensaio 1
Fernanda Montenegro realiza uma leitura dramatizada de “Nelson Rodrigues por ele mesmo”, livro que reúne crônicas não publicadas do dramaturgo separadas por sua filha Sônia Rodrigues. Em cena, a atriz lê e conversa com a plateia sobre seus muitos anos de trabalho, amizade e convívio com o autor.

18h – Orquestra Voadora “O voo do menino pássaro” – Jardins
Primeira montagem voltada ao público infanto-juvenil da Orquestra Voadora, ‘O magnífico voo do homem pássaro’ faz referência ao ancestral desejo do ser humano de voar e cria uma sonoridade particular, que mescla instrumentos musicais com objetos do cotidiano.
Nascida nas ruas do carnaval carioca, a Orquestra Voadora inovou o conceito das bandas de fanfarras no Brasil, modernizando o repertório e os arranjos instrumentais de clássicos da música mundial, levando para as ruas ritmos pouco comuns aos cortejos carnavalescos, como rock, pop, jazz, blues e música balcânica.
Elenco: André Ramos, André Fioroti, Daniel Paiva, Hugo Prazeres, Juliano Pires, Leonardo Campos, Lula Mattos, Marcelo Azevedo, Marco Serra Grande, Pedro Araujo, Tiago Rodrigues, Tom Huet, Vicente Quintela Coordenação Geral Michelle Murriêta Direção Ricardo A. Gadelha Supervisão Márcio Libar

18h 30 – Encerramento do Amor – Sala eletroacústica
Duração: 1h20
Classificação:16 anos
Obra mais reconhecida e premiada da trajetória de Pascal Rambert, “Encerramento do amor” é dirigida por Luiz Felipe Reis, e conta com a atuação dos atores Julia Lund e Otto Jr. No palco, não há enredo, trama, arco dramático, antes ou depois do ato, o que há é o instante da cena, a intensidade do momento em que estas duas personagens travam um embate que marca o fim de um projeto de relação criativa e amorosa idealizada por eles. Desde a sua estreia, em 2011, a obra já foi encenada em mais de 15 idiomas e conquistou os três mais importantes prêmios teatrais da França, o Prix du Syndicat de la Critique (2012), o Grand Prix de Littérature dramatique (2012) e o Les Molières (2013).

19h – Leila Maria & Trio – Jazz – Café das Artes
Duração: 1h20
Classificação Indicativa: Livre
Dona de uma voz marcante, Leila Maria é aclamada pela crítica e já dividiu o palco com grandes nomes e novos talentos da música nacional. Com quatro álbuns lançados, a artista foi premiada com o 25º Prêmio da Música Brasileira na categoria CD em Língua Estrangeira por “Holiday in Rio”. O repertório do show passará por sucessos internacionais, como All of You, As Time Goes By, Blue Moon, Cry Me a River, The Man I Love, I’ve Got You Under My Skin, Summertime dentre outros.

21h – Velha Guarda da Portela – Grande Sala
Fundada em 1970 por Paulinho da Viola, a Velha-Guarda da Portela se apresenta em shows e resgata antigos sambas e sambistas do passado. Composta incialmente pelos irmãos Aniceto da Portela, Mijinha e Manacéa, Alberto Lonato, Ventura, Alvaiade, Francisco Santana, Antônio Rufino dos Reis, Alcides Dias Lopes (mais conhecido por Alcides Malandro Histórico), Armando Santos e Antônio Caetano, o grupo alcançou o sucesso após Paulinho da Viola produzir o primeiro disco do grupo “Portela Passado de Glória”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui