Cidinha CamposNunca fui muito fã da deputada Cidinha Campos (PDT), mas minha mãe, brizolista que era, sempre votou nela (vale dizer que citei ela como uma das piores da política em 2012). Só que tenho de dar o braço a torcer desde que assumiu a secretária estadual de Proteção e Defesa do Consumidor tem feito um excelente trabalho, ao menos para a feliz classe média mas deixando os donos de supermercados e restaurantes desesperados.

No fim de maio teve a questão da carne moída no Supermercado Zona Sul, que serviu de lição aos cariocas a só comprarem carne moída na hora, porque se até um supermercado caro e bem localizado (foi no do Leblon) não quero imaginar no da esquina aqui de casa. E foram várias as operações, tanto em supermercados quanto restaurantes, como no Quadrifoglio na semana passada que tinha ovo pochê cozido com antecedência e fora de validade, além de rofiterole, molho de carne, tomate pelado, macarrão cozido, creme de leite e sorvete vencidos. Uma vergonha!!! Ali não se gasta menos de R$ 150 por pessoa na hora do almoço, o mínimo que se espera é qualidade top!

Hoje foi a vez do restaurante preferido do governador Sérgio Cabral (PMDB), o Antiquarius, que encontrou 25 kg de alimentos fora da validade, incluindo 5 kgs de escargot vencidos há mais de 1 ano, em julho de 2012. Não que deva haver muita diferença entre um caramujo estragado e um novinho, ambos devem ser uma porcaria (nunca comi, sério, nunca tive coragem de comer peixe cru, imagine caracol), mas era o prato mais caro do cardápio, um prato custa R$ 174.

E não foi só lá, o Satyricon, um dos melhores restaurantes de frutos do mar do Rio de Janeiro encontrou 5 kgs de alimentos fora de validade, incluindo presunto, queijos, picles, temperos, atum e legumes. Produtos de validade também no Esplanada Grill e no Alcaparra.

O único dos fiscalizados ontem que se salvou foi o Zuka. Não que signifique muito, a comida de lá é de um Girafa´s muito caro. Mas, como sempre falo mal do governo estadual do Rio, desta vez tenho de parabenizar o PROCON, que continue as ações, comer no Rio não é barato e o que esperamos é o mínimo de qualidade.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui