Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (14/09) tem início mais uma etapa da flexibilização adotada pela prefeitura do Rio. Agora,  cinemas, teatros e anfiteatros no município do Rio podem voltar a funcionar seguindo algumas medidas de segurança.

As salas só podem funcionar com metade de capacidade, e está proibida a venda de bebidas e comidas. A medida foi anunciada na sexta-feira (11/09) e é uma adaptação às regras da 6ª fase do processo de retomada de atividades econômicas durante a pandemia do coronavírus.

As mudanças nesta nova etapa são: cinemas e teatros estão autorizados a funcionar com 50% da capacidade, seguindo as medidas de higienização entre as sessões; os assentos devem ser numerados; é proibido o consumo de bebidas e comidas; e o uso de máscara é obrigatório.

A Associação dos Exibidores de Cinema, no entanto, criticou a proibição da venda de alimentos como pipoca e bebidas e disse que, com esta medida, fica inviável pagar o salário dos funcionários e arcar com todos os custos da exibição dos filmes. Já a Associação de Produtores Teatrais do Rio falou que cada diretor vai decidir se vai reabrir ou não. O presidente da associação, Eduardo Barata, falou ao portal G1 sobre a liberação dos teatros na capital e ressaltou que a reabertura deve acontecer com cautela.

Cada proprietário do seu espaço e cada produtor do seu espetáculo devem entender se têm estrutura para reabrir, respeitando rigorosamente todos os protocolos sanitários como distanciamento e a ocupação de apenas de 50% das plateias. Torcemos para que a economia do nosso setor volte a funcionar, volte a girar, que as cortinas se abram, mas com toda cautela, que se priorize fundamentalmente a saúde e a vida do público e do trabalhador da cultura”, ele disse.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui