Clarissa GarotinhoAnos atrás o Stanislaw Ponte Preta lançou a coletânea FEBEAPÁ (Festival de Besteiras Que Assolam o País), como Sergio Porto (o verdadeiro nome de Stanislaw) faleceu em 1968 não viu o FEBEAPÁ se oficializar. E, sem dúvida, um projeto de lei da deputada estadual Clarissa Garotinho (PR) mereceria entrar para a coletânea.

A filha do ex-governador Anthony Garotinho apresentou o projeto de Lei propondo a mudança da Estação do Metro do Largo do Machado para Estação Largo do Machado/Fluminense. Na opinião de Clarissa o time deveria ser homenageado em uma das estações de metrô, como acontece em São Paulo. E já que a estação Largo do Machado fica a 1 km da sede social do Fluminense, seria justa a homenagem.

Talvez por ter nascido em Campos, apesar de ter sido vereadora do Rio de Janeiro e vivido muito na Capital, o que Clarissa talvez não saiba é que nem o Flamengo, nem Botafogo são homenageados em estações de metrô. É que ambos os times levam o nome do bairro, nada relacionado com futebol.

O Fluminense merece várias homenagens mas essa chega ao ponto do ridículo e, duvido, que qualquer torcedor tricolor com mais de dois dígitos de QI aprovem esse projeto de Clarissa.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui