Júlio Lopes - Foto: Reprodução

O governador Claudio Castro (PL) vai garantindo uma ampla aliança mas pode se complicar com o eleitorado de classe média que procura mais ética na política. Após colocar o Coronel Jairo (Solidariedade), pai de Jairinho e preso em uma das operações da Alerj, agora faz com que o enrolado e investigado Julio Lopes (PP) volte para a Câmara de Deputados após a nova nomeação de secretários.

Júlio Lopes ocupa a vaga que era de Vinicius Farah (MDB), que se tornou secretário de Desenvolvimento Local, Inovação, Produtividade e Desburocratização. Lopes é o 1º suplente da coligação de 2018 formada por PP/DEM/MDB/PTB, e é é acusado de solicitar vantagens indevidas de diversas pessoas e empresas, em razão do cargo de secretário de Transportes do Rio de Janeiro, entre 2010 e 2014. Ainda de acordo com colaboradores da Odebrecht, ele teria solicitado vantagens indevidas entre 2016 e 2017, em razão do mandato de deputado federal, relacionados à sua influência e atuação na área da saúde do estado.

Julio Lopes também é réu em uma ação por improbidade administrativa relativa a desvios de recursos nas obras da linha 4 do metrô da capital fluminense. Em outro caso, o, novamente, deputado federal também foi acusado pelo delator Leandro Camargo de ser beneficiado por um esquema de desvios de recursos no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into). Seu nome também figura na chamada Lista da Odebrecht.

Já no lugar do deputado estadual Léo Vieira (PSC), mas eleito pelo PRTB, entra o vereador de São Gonçalo, Jalmir Junior (PRTB). Que, pelo depender do currículo, pode fazer um bom mandato, é militar da Reserva das Forças Armadas, formado em Direito, com MBA em Gestão dos Impactos Ambientais, curso de Direito Ambiental na Defensoria Pública do Estado do RJ, além de ter trabalhado na Fundação Oswaldo Cruz, e é professor universitário.

Ainda deve ter outras mudanças no secretariado, talvez abrindo espaço para outro enrolado, Leonardo Picciani (MDB). Ou pode acontecer algo completamente diferente, não se sabe, a cada hora o governador Claudio Castro muda de opinião.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui