Foto: Reginaldo Pimenta/Agência O Dia

O governador do Rio, Cláudio Castro (PSC), anunciou nesta quinta-feira (13/05) que o estado vai retomar a ocupaçãode favelas, com previsão para o segundo semestre deste ano. A informação foi antecipada pelo jornalista Edimilson Ávila.

Castro destacou que, desta vez, a intervenção será “com o estado presente”, diferentemente do programa das UPPs, que o chefe do executivo estadual considerou o modelo de ocupação equivocado.

O estado não estava presente, não tinha serviço lá dentro”, afirmou.

Os primeiros locais que receberão as forças de segurança ainda serão anunciados. O governador pretende alinhar com os municípios os serviços que serão ofertados nas localidades, com foco nas creches, requalificação profissional e escolas.

O programa das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) começou em 2008, no Santa Marta, em Botafogo. Chegou a ter 38 bases e a mobilizar 7 mil PMs durante a gestão Cabral/Pezão.

1 COMENTÁRIO

  1. Ele disse mas não disse.
    Apareceu agora a reportagem do RJTV2 o repórter da Globo e da CNN Brasil atrás dele fazendo perguntas e ele fugindo, saiu pelo elevador para Magistrados sempre dando respostas que não diziam nada…
    Esse é o candidato do Diário do Rio…

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui