Foto: Reprodução

O governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, anunciou nesta sexta-feira (12/03) que, com pequenas alterações, as medidas adotadas pela Prefeitura do Rio passarão a valer por todo o estado.

Continuo contra o lockdown enquanto não for necessário. A vida das pessoas passa por várias searas diferentes, emprego é uma delas. Ouvir a cadeira produtiva é fundamental, eles têm funcionários, clientes, e eles são seres humanos. Trouxemos a cadeia produtiva pra dentro do processo porque eles são fundamentais”, destacou o governador em exercício.

Castro afirmou ainda que o aumento na procura por atendimentos básicos: “A situação é de 52% em taxa de enfermaria e 54% na de CTI. Esse não é o único dado que seguimos. Observamos um aumento de 30% na procura por atenção básica, nos últimos 10 dias. Isso acendeu a luz amarela”.

Confira as medidas:

  • Vedada circulação em áreas públicas entre 23h e 5h;
  • Bares e restaurantes podem funcionar até 23h com 50% da capacidade, municípios podem restringir este horário;
  • Serviço de delivery sem limitação
  • Comércio funcionará em horário escalonado
  • Vedada veda de bebida alcoólica em banca de jornal
  • Zoológicos, parques, academias e espaço de recreação infantil devem funcionar com 50%
  • Ampliação ao incentivo ao home office, principalmente para idosos e pessoas com comorbidades.

No Twitter, Castro destacou que esta sexta-feira é totalmente dedicada às questões da Covid-19, visando evitar o aumento da circulação do vírus no Estado.

Nesta quinta-feira (11/03), Castro já havia dito ao Blog do Edimilson Ávila que acreditava não fazer sentido parte do Grande Rio ter adotado regras rígidas, como ocorreu na capital, em Niterói e em São Gonçalo — se os demais municípios não as seguissem.

Calendário unificado

O governador disse que a aquisição de vacinas será discutida semanalmente entre prefeitos e o governador do Rio. Castro também anunciou que haverá um calendário único de vacinação no estado.

9 COMENTÁRIOS

  1. Os altononos que movimentam esse Brasil ,tinha que pedir para essa carga pesada que sai os funcionários públicos ajuda, que e muito fácil ficar em casa quando recebe . O certo e privatizar tudo , funcionários públicos são vagabundos!

    • Você está generalizando filho, vc quer o quê? Escravidão, trabalhar desmaiadamente até não aguentar e cair doente, recebendo um salário pífio fã qual vocês acham que deve receber. Sinceramente não dá

  2. Sabemos que muitos prefeitos e governadores usam a pandemia para fins políticos e pouco se importam com a vida da população. Porém falta também a parte da população um pouco de bom senso para evitar aglomerações desnecessárias. Não devemos esquecer que trabalho é vida e essencial para que se tenha condições de ter saúde. Fechar tudo é tirar condições do povo poder se defender dessa doença maldita.

  3. Os monstros existem, mas são muito pouco numerosos para ser realmente perigosos; mais perigosos são os homens comuns, os funcionários dispostos a acreditar e obedecer sem discutir.
    Do alto da cruz, Jesus olhou os policiais que o tinham torturado, humilhado e pregado na cruz. Viu mais adiante o povo que havia gritado “Crucifica-o! Crucifica-o!”. Olhou os moradores de Jerusalém assistindo o “espetáculo” e que apoiavam seus líderes. Viu atrás desses os que se omitiram e nada fizeram. Então ele ergueu seus olhos para o céu e disse: “Pai, perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem” (Lucas 23.34).
    Essa declaração de Jesus é extremamente séria, pois nela se esconde uma terrível condenação. Esses a quem Jesus mirava de cima da cruz agiam como meros meninos e meninas de recado. Eles apenas obedeciam às ordens governamentais e às orientações sacerdotais. É para essas pessoas que Jesus pede a misericórdia divina. Porém, ao dizer “perdoe estes que não sabem o que fazem”, ele está dizendo ao mesmo tempo: “Pai, não perdoe àqueles que sabem o que fazem”!
    O Castigo se aproxima!
    E quando a situação ficar crítica,vão colocar o rabo entre as pernas e desaparecer em suas mansões.

  4. Se vírus Chinês chegou ao Brasil na mesma proporção de Europa e Eua, mas nao contaminou os Chinês na China, ninguém se toca qye sao medidas Políticas, não estão realmente interessados em melhorar Metrô, ônibus ou Trem, mas todos gravatinhas vao de Uber p casa..
    Raca de víboras, assassinos d Povo!! Mas querem acabar c Economia do Brasil, tomando Medidas ilegais , afinal Boca de fumo, bares nas favelas, e Baile funk com todas as drogas ilícitas, prostituição legalizada continuarão a funcionar kkk

  5. Mais tempo, menos aglomerações. Mais ônibus, metrô, Etcs, menos aglomerações. Seja inteligente, não copie os outros ditadores. Mais propagandas educacionais. Pense nos que vendem almoço para comprar a janta. Há milhares nessa situação

  6. Concordo com Maria Rita. Pq deixar bares aberto após as 20? Vai ter lei seca… não.
    Onde tem bebida alcoólica, a máscara não comparece. As aglomerações são entorno de uma mesa de bar. Sr Governador seja mais incisivo. O Bar aberto para lanches sem bebidas alcoólicas. Grata pe compreensão.

  7. Acho q fechar barzinhos/restaurantes as 23hrs um absurdo! 20hrs ainda é razoável. Liberar a presença na Praia tb outro absurdo.Aulas presenciais em universidades é irresponsável pois o sistema remoto funcionou bem no semestre anterior. Universidade é um foco de aglomeração,principalmente na zona oeste onde já houve morte de professor e alunos de covid.#aulasremotasnasuniversidades

    • Acho 23:00 h é razoável sim; A presença na praia, desde que sem aglomeração é razoável também e mais é saudável, veja bem, sem aglomeração, eu considero aglomeração mais de 5 (cinco) pessoas num espaço pequeno. Concordo com as aulas via tele conferência nas Universidades, pelo menos por enquanto, universitário dominam a informática e aulas presenciais são um risco evitável. O mais importante é a vacinação que anda a passos de cágado, o Governo do RJ já sinalizou com providências tipo calendário único, só tem uma coisa tem Prefeituras que adquiriram a vacinas, sera que elas vão aderir ao Calendário Único (?)?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui