Foto: Reginaldo Pimenta/Agência O Dia

Nesta quarta-feira (02/06), o governador Cláudio Castro (PSC) lançou o SuperaRJ. Com objetivo de ajudar no enfrentamento à pobreza durante a pandemia, o programa é lançado com atraso, já que a previsão era que fosse iniciado em abril.

No evento de lançamento, que teve aglomeração, estavam presentes apenas 18 famílias das 355 mil que vão receber a ajuda mensal de até R$ 300. Mesmo assim, havia muitas pessoas e muitas delas sentadas lado a lado, sem distanciamento social.

O programa prevê pagamentos até dezembro, com previsão de investimento de R$ 86 milhões. Estão aptos a receber o benefício os moradores do estado já inscritos no Cadastro Único, além de quem tem renda familiar per capita (por pessoa) igual ou inferior a R$ 178. É obrigatório ser maior de 18 anos, exceto no caso de mães adolescentes. Famílias com filhos menores de idade receberão, além dos R$ 200, um acréscimo de R$ 50 para casa filho – desde que limitados a dois menores.

Além dessas famílias, o programa também vai contemplar micro e pequenos empreendedores, com financiamentos de até R$ 50 mil, e autônomos e profissionais informais, que podem solicitar créditos de até R$ 5 mil.

Já entre os desempregados, os beneficiados serão aqueles que perderam emprego formal, com renda menor que R$ 1.501, a partir do dia 13 de março de 2020. Vale citar que o SuperaRJ não será cumulativo: pessoas cadastradas no Bolsa Família, ou beneficiários atuais do auxílio emergencial não poderão receber. Somente a partir de setembro, quando o benefício do governo federal se encerra, o grupo que deixar de receber poderá se inscrever no programa estadual.

Os cartões começarão a ser entregues a partir do próximo sábado (05/06) na Região Metropolitana, e no dia 8 de junho em outras regiões do estado para famílias já cadastradas. Na segunda fase, 315 mil desempregados serão contemplados: a retirada do cartão com o benefício para os desempregados está marcado para o dia 25 de junho. As escolas de samba dos grupos Especial e Série A serão alguns dos pontos de retirada dos cartões. As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira através do site superarj.rj.gov.br.

Proposto pela Alerj, o programa foi aprovado por unanimidade ainda no fim de fevereiro, mas lançado apenas três meses depois. Castro afirmou que é um programa complexo e que não considera um atraso, mas sim respeito com o dinheiro do contribuinte.

Dúvidas sobre o recebimento do benefício podem ser respondidas através da central de atendimento: 0800 071 7474.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui