Tijuca Tenis Clube No Rio há os cariocas e “os tijucanos”, não que os tijucanos não sejam cariocas mas, como o carioca é brasileiro, é o mesmo que equivale para o tijucano. Ele tem sua própria cultura, o que é usado em filmes como “O Quatrilho” “A Partilha” em que a personagem de Lilian Cabral fala da vida tijucana da personagem de Glória Pires, ao criticar a sua vidinha tijucana…

Todo tijucano fala com orgulho “Sou Tijucano” e que só no Rio há uma denominação para o nascido/morador da Tijuca e dizem: existe o Copacabanense?! Pois é, não existe… O tijucano é o basco do Rio de Janeiro.

O blog Real World fez uma classificação dos tijucanos:

CLASSIFICANDO O TIJUCANO

GRAU I: uma vez tijucano …
Nesse grau incluem-se todos aqueles que tiveram alguma passagem (mesmo que breve) pelo bairro mas, agora que estão libertos guardam apenas alguns resquícios do velho bairro. Não necessitam de café do Palheta ou comprar presentes na Importadora Guanabara para sobreviver. Vivem suas vidas independentes da Tijuca em outros locais. Referem-se à Praça Saens Peña como a qualquer outro local.

GRAU II: o tijucano “muderno”
Aqui incluem-se aqueles que são, moram e orgulham-se de seu bairro porém reconhecem a existência de vida inteligente em outros locais.São capazes de se locomover em outros pontos do Rio e conseguem ir ao médico, dentista, banco, cinemas, restaurantes em outros locais da cidade. Apesar de frequentar o Tijuca Tênis Clube, a Matriz do Sagrado Coração, Shopping 45 e o Shopping Tijuca isso não os torna (ainda) “dependentes químicos”.Porém já se referem à Praça Saens Peña como a simplesmente … A PRAÇA.

GRAU III: o pseudo tijucano
Trata-se de um grupo cada vez mais crescente em nosso meio. Nesse se inclui todos aqueles que não moram na Tijuca mas adorariam estar lá. Habitantes do Grajaú, Praça da Bandeira, Largo da segunda feira, Estácio, Rio Comprido, Vila Isabel, Méier e etc são potencialmente integrantes desse grupo. Aqui incluí os “importados”. Aqueles que por razões afetivas, casamentos ou herança acabaram por ter sua vida igada àquela região.

GRAU IV: o incurável
Esse sim, o tijucano clássico e já amplamente descrito. Aquele que vive o bairro e não reconhece vida inteligente fora dele. Assíduo frequentador do Tênis Clube e da Matriz do Sagrado Coração, esse tijucano não consegue se locomover por outros locais.Seu dentista, médico e banco têm que estar a no máximo 4 quarteirões “da praça”. Há dependência química grave do café e dos doces do Palheta. Compras ? apenas Shopping 45, Tijuca ou Importadora Guanabara.

Quem nunca conheceu um tijucano assim que atire a primeira pedra…

1 COMENTÁRIO

  1. O largo da segunda feira e o local onde foi criada a Tijuca, só para corrigir o seu texto. A sede da freguesia do engenho velho era onde é a igreja de SF Xavier. Ja o shopping Tijuca fica no andarai, dívida do Vila Isabel.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui