A Lata de Colorado Amazônica, cerveja que tem como objetivo ajudar a manter vivo o berço da biodiversidade brasileira, sofreu sua primeira alteração de valor. O preço inicial de R$ 5,49 foi atualizado com base nos índices de desmatamento da floresta e sofreu um aumento de 45,9%, ficando no valor de R$ 8,01.

O reajuste na precificação da cerveja é baseado no Índice de Reajuste de Preços da Amazônia (IRPA). A métrica desenvolvida pelo MapBiomas, tem como base a comparação da média do desmatamento semanal detectado nas últimas quatro semanas com 

A cada semana o índice será calculado e indicará o reajuste a mais ou a menos que será aplicado ao preço da cerveja, ou seja, quando reduz o desmatamento, cai o preço da cerveja e quanto menor a floresta, mais cara será a lata de Colorado Amazônica.

Colorado Amazônica é uma Witbier, também conhecida como Belgian White. Produzida com farinha de babaçu, pacová e casca de limão, a receita ressalta o sabor dos ingredientes da região amazônica, além de manter alta refrescância e agradar o paladar brasileiro com 9 de IBU na escala de amargor.  A bebida possui teor alcoólico de 4,5%.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui