Foto: Divulgação Governo do Estado

O Detran-RJ realizou uma megaoperação na Avenida das Américas, na Barra da Tijuca, para coibir os motoristas que realizam os conhecidos ‘pegas’, corridas clandestinas de carro que podem resultar em graves acidentes. Os agentes abordaram 89 condutores e fizeram 82 autuações por irregularidades. Ao todo, 48 veículos foram multados, dos quais cinco foram rebocados. A fiscalização foi deflagrada na noite de quarta-feira (24/06).

A ação desta semana, a segunda realizada no intervalo de 1 mês, contou com o apoio de drones, disponibilizado pela parceria com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), do governo estadual. Os aparelhos foram usados para monitorar os condutores e filmar a movimentação de possíveis infratores, já à distância.

Nossa Coordenadoria de Fiscalização está intensificando blitzes contra corridas ilegais. Recebemos inúmeras denúncias de moradores dessa região sobre a prática criminosa, e contamos com a ajuda dos drones para detectar a infração com mais clareza“, explicou o presidente do Detran.RJ, Adolfo Konder.

Participar de “pegas’ é crime de trânsito. Se os agentes identificarem veículos participando de corridas em vias públicas, os motoristas flagrados serão conduzidos à delegacia para autuação. As imagens gravadas pelos drones, nessas ações pontuais, serão usadas também para comprovar a prática criminosa. A operação de ontem contou ainda com o apoio da Secretaria Municipal de Ordem Pública do Rio de Janeiro.

De acordo com a lei estadual, os demais condutores autuados receberam 30 dias para regularizar a situação de seus veículos e comprovar que os problemas foram sanados. Após este prazo, as infrações serão registradas no sistema e os veículos estarão proibidos de circular.

A operação aconteceu no trecho próximo ao campo olímpico de golfe, sentido Zona Sul. A Avenida das Américas é uma das principais vias da Barra da Tijuca e ponto onde normalmente os ‘pegas” acontecem, principalmente em vésperas de fim de semana e feriados.

Desde maio, o Detran intensificou as fiscalizações a corridas ilegais e também a motos que circulam com o sistema de escapamento adulterado, causando barulho excessivo.

Para isso, o departamento está atento à modificação irregular de característica dos veículos, como rebaixamento de suspensão, abertura de escapamentos e “envenenamento” de motores. Todos os motoristas flagrados com veículos nessas condições serão autuados, e os veículos serão retirados de circulação. O Detran também fará outras operações em todo o Estado do Rio para coibir motocicletas com escapamentos adulterado.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui