Vista aérea de trecho da Praia da Bica, um dos principais points da Ilha do Governador - Foto: Divulgação/Los Favoritos Produtora

Completando 454 anos neste domingo (05/09), a Ilha do Governador, tradicional bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro, terá interdições para implantação de áreas de lazer excepcionais nas praias da Bica, no Jardim Guanabara, e da Guanabara, na Freguesia, visando a comemoração do aniversário do local.

A partir das 08h, a Praia da Bica será interditada entre as ruas Uçá e Ipiru. Os veículos procedentes da Rua Cambaúba com destino à Estrada da Bica seguirão pelas ruas Uçá, Engenheiro Rosauro Zambrano, Pinto Alpoim, Henrique Lacombe, Babaçu, Orestes Rosólia, Carmem Miranda e Ipiru e pela própria Estrada da Bica.

Já na Praia da Guanabara, também a partir das 08h, a interdição acontece entre as ruas Jordão de Oliveira e Olímpio Machado e na lateral à Praça Calcutá, entre a Avenida Paranapuã e a Praia da Guanabara.

Os veículos procedentes da Praia da Guanabara com destino à Rua Comendador Bastos seguirão pela Rua Jordão de Oliveira, Rua Guiricema, Avenida Paranapuã e Rua Comendador Bastos. O acesso dos moradores das áreas interditadas está liberado. O término das alterações na circulação e interdições está previsto para às 15h. Agentes de trânsito da CET-Rio e da Guarda Municipal estarão por toda a região orientando os motoristas.

”Por conta das restrições que estamos vivendo devido à pandemia, não foi possível promover eventos em comemoração ao aniversário da nossa Ilha. Para não passar em branco, optamos por liberar as praias da Bica e da Freguesia para o lazer da população. As atividades ao ar livre estão permitidas e o fim de semana será de sol. Pedimos apenas que sigam as recomendações: utilizem máscaras, evitem aglomerações e respeitem o distanciamento social”, ressalta Rodrigo Toledo, subprefeito da Ilha do Governador e também do Fundão e Paquetá.

História

Surgida oficial em 05 de setembro de 1567, quando o governador-geral do então Estado do Brasil, Mem de Sá, doou ao seu sobrinho, Salvador Correia de Sá, mais da metade do seu território na referida região, a Ilha do Governador já teve sua história contada pelo DIÁRIO DO RIO, em agosto de 2018.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui