Com La Niña, verão do Rio promete ser menos quente

Estação mais quente do ano começou nesta semana e deve ser um pouco diferente do que os cariocas estão acostumados

Foto: Rafa Pereira - Diário do Rio

O verão chegou com tudo no Rio de Janeiro no início da tarde desta terça-feira (21/12). As altas temperaturas tem predominado nesse começo de semana e de estação, com as máximas chegando aos 36ºC nesta quarta-feira (22/12). Depois de um período ameno e alguns temporais, a estação mais quente do ano promete ser um pouco mais “fria”, mas ainda mantendo as máximas acima da média histórica.

Com extensão até 20 de março, o verão carioca também deve contar com menos chuvas que o habitual. Tudo por conta do fenômeno climático conhecido como La Niña. O alerta inicial foi feito pela Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos.

O motivo do La Niña influir no clima é que o fenômeno promove mudança anormal de pressão da atmosfera no oceano Pacífico, causando seu resfriamento. Essas massas também deixam a atmosfera mais seca. Ou seja, com menos umidade no ar, fica difícil a formação das grandes nuvens que provocam a chuva.

Com isso podemos ter frentes frias mais fortes do que o normal para esta época do ano. A previsão, no entanto, é que o clima frio dure menos tempo na estação mais quente do ano.

Exemplo disso é a chegada de uma frente fria ao Rio nesta quinta (23/12), deixando o sol entre nuvens e com previsão de pancadas de chuva fraca a moderada durante todo o dia. A máxima deve ficar em 28°C na capital, diminuindo a temperatura sensivelmente.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui