Imagem meramente ilustrativa de vacina contra a Covid-19 - Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A aplicação da primeira dose (D1) da vacina contra a Covid-19 no município do Rio de Janeiro deverá ser retomada na próxima quinta-feira (29/07). A informação é do secretário de Saúde da capital fluminense, Daniel Soranz, em entrevista ao portal ”G1”.

Vale destacar que isso será possível graças ao recebimento de mais de 500 mil novas doses dos imunizantes por parte do Governo do Estado entre terça (27/07) e quarta (28/07), que serão entregues pelo Ministério da Saúde.

”Agora, são 16 milhões de doses disponíveis com o Governo Federal. Só o Ministério da Saúde pode explicar o motivo pelo qual não está entregando em 24 horas. Precisa haver um sentimento de urgência, isso é fundamental”, pediu Soranz.

Na própria quinta, devem ser imunizadas mulheres de 34 anos, o que aconteceria nesta segunda (26/07) caso a imunização não tivesse sido suspensa. Ainda segundo Soranz, mediante a chegada da nova remessa, o Rio pode tentar ampliar a quantidade de idades vacinadas num período de uma semana para tentar causar menos impacto no calendário.

”Se todas as vacinas que estão em estoque forem distribuídas, a gente consegue compatibilizar e consegue continuar a imunização. Se seguir o atraso na distribuição, provavelmente o calendário atrasa. O nosso pedido para o Ministério da Saúde é que distribua o quanto antes”, disse.

Vale lembrar que, em meio à suspensão da D1, a segunda dose (D2) continua sendo aplicada normalmente na cidade, tanto nesta segunda-feira quanto no decorrer da semana, respeitando a data indicada na caderneta de vacinação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui