Foto: Divulgação/Secretaria Estadual de Saúde do RJ

Os moradores de Duque de Caxias têm, mais uma vez, enfrentado problemas com a vacinação. Desta vez, trata-se da dificuldade para receber a segunda dose. Com os poucos pontos de imunização que a Prefeitura disponibiliza, as filas tornam-se quilométricas e, dessa forma, muitos moradores não conseguem completar o ciclo vacinal.

Uma moradora do município contou ao DIÁRIO DO RIO que, nesta quinta-feira (12/08), foi ao posto de vacinação do Sarapuí receber a segunda dose do imunizante AstraZeneca. No entanto, ela se surpreendeu com a fila que já estava formada no lugar [confira o vídeo abaixo]. No local, ela descobriu que ali também estava sendo distribuída a primeira dose para pessoas com deficiência e que a fila era única.

“Estava uma confusão. Cheguei antes do horário e a fila já estava dando voltas. Falaram que iam começar a distribuir senhas às 8 horas, mas que era aquela mesma fila para quem fosse tomar a primeira dose e para quem estivesse na data da segunda dose para Coronavac ou AstraZeneca. Acabei desistindo e deixei para voltar outro dia mais cedo. É revoltante a bagunça que estão fazendo“, contou a moradora, que preferiu não se identificar.

Imagens mostram fila quilométrica que se formou no posto de vacinação

Em outro posto de vacinação, em Xerém, as filas estavam menores, mas a confusão era a mesma. Outro morador contou que conseguiu se vacinar lá, mas que a falta de organização tornou todo o processo mais complicado.

Na hora da aplicação, estava uma bagunça. Faziam a ficha correndo, pegaram o comprovante de vacinação e levaram pra outro lugar pra preencher com a segunda dose. Se eu não fosse perguntar, nem teria conseguido pegar de volta. Se fossem mais organizados, a fila andaria muito mais rápido. Tinha pouca gente, mas demorou quase uma hora“, disse.

O município de Duque de Caxias vem sendo lembrado pela confusão no processo de imunização desde o início da campanha. Primeiro, com os calendários divulgados em cima da hora; depois, com as longas filas quando as vacinas ainda eram aplicadas em praças da cidade; e nesta quarta-feira (11/08), imagens mostraram que uma ação de vacinação na estação da SuperVia fez com que uma fila quilométrica se formasse.

O DIÁRIO DO RIO entrou em contato com a Prefeitura de Duque de Caxias, mas até o momento da publicação desta matéria, não obteve retorno.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui