Foto: Reprodução Internet

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, esteve no início da tarde desta quinta-feira (23/01) na Estação de Tratamento de Água do Guandu para uma visita técnica. A visita do governador ocorre no dia em que Ceade começa a aplicar o carvão ativado na água. O centro de de distribuição do Guandu é responsável por cerca 80% do abastecimento de água potável da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Nessa quarta (22/01), governador deu prazo de uma semana para que a água chegue limpa aos lares de todo estado do Rio.

Também nesta quinta, a Cedae anunciou que vai investir mais de R$ 120 milhões na modernização da Estação de Tratamento do Guandu este ano.

Segundo a empresa, esse investimento faz parte de uma previsão de que R$ 700 milhões sejam aplicados na modernização da unidade até 2022.

A crise da água no estado teve início no começo deste ano, quando moradores de vários pontos do Rio passaram a reclamar da qualidade da água, que apresenta aspecto barroso e gosto ruim. Muitos deles passaram mal e tiveram diarreia após o começo do problema na água.

Segundo a Cedae, o que deixou a água nessas condiçõesfoi a geosmina, uma substância produzida por algas. Mas de acordo com a companhia, o consumo não oferece risco à saúde.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui