Condomínio com 12 casas irregulares é demolido em Jacarepaguá

As construções foram erguidas sem licença ou acompanhamento de profissionais habilitados; a obra foi avaliada em R$3,5 milhões

Foto: Divulgação/SEOP

Nesta sexta-feira, (23/09), a Secretaria de Ordem Pública realizou mais uma operação de demolição de construções irregulares, desta vez na Estrada do Camorim, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio. Na ação, foi derrubado um condomínio com 12 casas, em dois pavimentos, que foram erguidas sem licença ou acompanhamento de profissionais habilitados, além do início da construção da fundação de mais seis unidades. Engenheiros da Prefeitura estimam que tenha sido investido R$3,5 milhões nas construções.

As construções não atendiam a legislação, os parâmetros urbanísticos da região e ocupavam uma área de aproximadamente 3.000 m2. Cada lote média cerca de 200m2, com residências de 150m2, avaliadas em aproximadamente R $300 mil para venda. Também foi identificada a retirada de vegetação nativa sem o devido licenciamento.

Foto: Divulgação/SEOP

Os responsáveis haviam sido notificados sobre as irregularidades e sobre o embargo, mesmo assim continuaram a realizar as construções, desrespeitando os atos administrativos praticados pelo Município.

Brenno Carnevale, secretário de Ordem Pública, informa que desde janeiro de 2021 a secretaria já fez mais de 1.100 demolições. “E seguiremos realizando esse trabalho porque queremos que o município cresça, mas de forma ordenada. Não vamos tolerar construções ilegais na cidade do Rio de Janeiro”, conclui Carnevale.

Também participam da operação agentes da Secretaria de Conservação, da Coordenadoria Técnica de Operações Especiais (COOPE), Guarda Municipal, Rio Luz, Light, Cedae e Polícia Militar.

Advertisement

16 COMENTÁRIOS

  1. O comentário sobre a Grajaú Jacarepaguá é nítido. Casas crescem subindo ao longo da via sem a mínima atuação da prefeitura. A comunidade próxima ao Cardoso fontes avança sem controle pelas calçadas, no mato alto idem, próximo a leroy Merlim, na taquara, em vários lugares , enfim, quando ouço está notícia do camorim vejo que o muito que eles divulgam é quase nada. A prefeitura com este Paes é inapta em todas estas invasões. O Rio virou uma grande favela por culpa dos políticos isso é fato.

  2. A prefeitura poderia ajudar a legalizar ao invés de derrubar , levando em consideração que muitos constroem assim por ser burocrático e demorada qualquer legalização no RJ.Muito triste ver essas derrubadas de pessoas que constroem com sacrifício. Espero que melhore!!! Ao invés de prejudicar poderia ajudar…prefeito vamos ajudar a população é disso que o povo precisa!!! Problemas o RJ já tem de mais !!!

  3. Cresce cada vez mais o loteamento do passeio publico do centro da Freguesia Jacarepaguá. As calcadas estão tomadas por barracas de camelos. Alem de Kombis estacionadas irregularmente, vendendo frutos do mar, ovos, pasteis etc. Sujeira e desordem total. Inúmeras reclamações já foram feitas ao 1746 e nada foi feito

  4. A comunidade na Grajaú -Jacarepagua está sendo mais esperta: crescendo e dominando toda aquela área do Parque Nacional da Floresta da Tijuca sem derrubar as árvores de frente para a estrada….agora lá dentro o pau tá quebrando e a natureza sendo solenemente ignorada. Pego ônibus todo dia e a quantidade de pontos de ônibus informais na serra atrasam a viagem em pelo 20minutos…. detalhe que são mais de 200 carros parados no acostamento, prova de que a comunidade pode pagar IPTU. Tudo é área de risco em Jacarepaguá, mas enquanto político estiver envolvido com isso não haverá solução.

  5. Na Araguaia, ao lado do Buteco Original, está de formando uma comunidade bastante organizada: exploram estacionamento com maquininha de cartão, salão de beleza….tudo na cara das autoridades que inclusive moram por perto.

  6. Na Freguesia a comunidade atrás do Hospital Rios D’Or (acesso pela rua Bananal) têm crescido sem controle algum. A 2 meses o tráfico de drogas voltou com força total , aumentando os assaltos na região e , acreditem, impedindo até ações sociais ali na comunidade por medo.

  7. Concordo com o controle urbanístico para frear construções em locais impróprios. Olha o que já temos instalados hoje no Rio e cada vez mais as favelas e condomínios caros se expandindo onde bem quiser. Claro que a Prefeitura deveria reunir profissionais voltados a esse tema urbanístico e social para pensarem em soluções através de projetos realísticos.

  8. Se e irregular. Tem mesmo que demolir. Essa cidade a muito esta uma desordem. Cada um faz o que quer. Parabens pelas acoes. A justica tem que ser mais agil e nao levar tanto tempo para tomar as acoes. Tem que derrubar no inicio.

  9. Estou gostando desta atitude deste governo municipal e, principalmente deste Secretário Carnevale!
    Tem que ser mesmo macho , não igual aquela porcaria daquele “maracá de osso”, crivela porco dos infernos!

  10. PARABENS AO SR CANIVETE MEU PROXIMO PREFEITO. GOVERNO TEM Q SER MACHO, Ñ FICAR DE MIMIMI COMO O FRESCO E O RATO BRANCO EVANGELICO FALSO LADRÃO Q ARRUINOU A CIDADE POR 4 ANOS DE ABANDONO. TA COM MEDINHO DO MILICO SAFADO, ENTÃO PEDE PRA SAIR, PREFEITO TEM Q SER MACHO. ..

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui