Faltam poucos dias para o Carnaval na cidade do Rio e milhões de cariocas e turistas já se preparam para curtir esse que é o período mais festivo do ano. No entanto, a época de folia registra o período com alto número de roubos e furtos. O especialista em segurança do Grupo GR, uma das empresas mais conceituadas em segurança do país, Rogério Rodrigues, alerta que as pessoas precisam ficar atentas durante a diversão , inclusive no deslocamento para as ruas onde passarão os blocos.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Indo e voltando do blocos, trio elétrico e do sambódromo:

  • Antes de sair de casa, estude as ruas que os blocos irão passar. Ao conhecer o trajeto, você está realizando um ato de prevenção;
  • Se antes de sair você for retirar dinheiro em um caixa eletrônico, utilize somente os localizados em lugares mais movimentados, como shoppings ou hipermercados. Guarde a quantia com cuidado em local discreto e não o conte o valor em público;
  • Evite ir para os bloquinhos e assistir aos desfiles sozinho, pois muitas vezes, ao retornar, você ficará mais vulnerável à ação de criminosos, tanto no transporte público quanto em veículo próprio. Combine com um grupo de amigos e familiares;
  • Não ande com o celular à mostra em ruas e, principalmente, em transportes públicos (um dos locais onde os aparelhos são mais furtados);
  • Ao retornar de transporte público, mesmo cansado, procure não dormir durante o percurso, pois os meliantes aproveitam-se deste momento para realizar o furto.

Durante o blocos, trio e sambódromo:

  • Procure usar bolsas pequenas, estilo pochete e a mantenha sempre a vista, firme entre o braço e ao corpo, com a mão sobre o fecho e posicionada do lado da calçada. Para os homens, não deixe sua carteira no bolso de trás, pois ela pode ser alvo em meio aglomeração. O melhor seria optar por aquelas estilo cinto elástico (running belt), que podem ser usadas embaixo da blusa;
  • Separe o dinheiro que você for usar e evite cartões, pois há muitos criminosos que se passam por ambulantes que acabam fazendo a troca dos cartões ou utilizam máquinas adulteradas;
  • Os celulares hoje são um dos alvos preferidos dos meliantes, por isso, todo cuidado é pouco: evite muitas selfies ou dê uma olhada ao redor antes de fazer a pose;
  • Se estiver com crianças opte pelos blocos menores, de bairros ou infantis. Identifique-as com o nome, endereço e telefone, de maneira bem visível, e procure ficar de mãos dadas. Se a criança se perder, a primeira coisa a ser feita pelo responsável é procurar pela segurança local.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui