Rio Star - Roda Gigante do Zona Portuária / Foto: Roberto Moreyra

E finalmente chegou o grande dia, A RioStar – maior roda-gigante da América Latina – foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (6/12), na Zona Portuária do Rio.

Mesmo debaixo de chuva, uma tímida fila se formava para conferir aquela que promete ser a sensação turística do verão carioca.

O DIÁRIO DO RIO deu uma voltinha na Rio Star na quarta-feira (04/12) e te dá dicas valiosas de como aproveitar o passeio.

Flu Andrade e Altair Alves, do DIÁRIO DO RIO estiveram, em primeira mão na Rio Star, a Roda Gigante do Porto Maravilha

Ingressos
Nessa fase inicial, o ingresso custa R$ 49 pela internet e R$ 59 na bilheteria. A entrada permanece válida por sete dias, podendo ser usada apenas uma vez. Depois, o valor passará a ser de R$ 59. Ao comprar seu ingresso, você escolhe um dia para andar no brinquedo.

Mas, caso não consiga ir no dia em que planejava, tudo bem: seu ingresso vale para o dia em que você comprou e mais sete dias após essa data. Não é preciso marcar hora para chegar.

Estacionamento
A RioStar indica a garagem rotativa do AQWA Corporate para quem for de carro. O edifício fica na Via Binário do Porto 299.

No entanto, o melhor meio de transporte para poder chegar a Rio Star sem dores de cabeça com o transito, é o VLT. O bonde que circula pelo região central da cidade e a estação mais próxima é a Cidade do Samba.

A volta completa leva cerca de 20 minutos
As cabines, devidamente climatizadas, comportam de 4 a 5 pessoas confortavelmente e ainda rola uma musiquinha ambiente.

Vista da Roda Gigante
É possível ver a Baía de Guanabara, a Ponte Rio-Niterói e o Museu do Amanhã. Do outro, o Centro, uma imensa paisagem urbana, o Cristo, o Pão de Açúcar, a Cidade do Samba, o relógio da Central do Brasil, o Morro da Providência, o estádio do Maracanã.

Segurança
Em todas as 54 cabines há um botão de emergência caso aconteça algum imprevisto durante o passeio. Também há uma equipe de plantão para oferecer ajuda quando alguém aciona o alarme.

Se alguém estiver em pânico, há um atendimento psicológico emergencial, e se for necessário um desembarque em caráter de extrema urgência, a roda pode girar em sentido anti-horário ou até mesmo ter a velocidade um pouco acelerada para atender a alguma eventualidade muito extrema.

Gôndolas não balançam
Mesmo estando a 88 metros de altura, a Roda Gigante balança muito pouco e quase não apresentou trepidações no dia em que o DIÁRIO DO RIO esteve por lá.

Rio Gigante pode ser girada manualmente
A roda-gigante recebe energia da Light por duas fontes diferentes. Caso ambas falhem, ela tem um gerador que funciona a partir de duas entradas distintas, mas, se tudo der errado, também é possível girar a roda manualmente, e há equipes preparadas para isso.

Roda-gigante fecha em caso de ventos acima de 54 km/h
Engenheiros responsáveis pela RioStar afirmam que o brinquedo aguenta ventanias muito mais fortes, mas que optam por fechar com ventos acima de 54 km/h por uma questão de conforto dos passageiros, não por segurança.

Uso de binóculos
Nós não recomendamos. Não da pra aproveitar a imensidão da experiência de estar a 88 metros de altura, com um visual absolutamente deslumbrante e ficar restrito a visão de um binóculo. No entanto, para quem quiser, existe um serviço de aluguel de binóculos no complexo da Rio Star.

Alimentação no entorno
Existem opções que oferecem lanches rápidos no complexo que abriga a Rio Star. Para acessar essas locais, não necessariamente é preciso andar na Roda Gigante.

Lojinha de presentes suvenir
É possível encontrar camisas, canetas, canecas, copos, tudo com a marca Rio Star. Valores de alguns itens: um brinquedo de fazer bolha de sabão sai por R$ 15, um copo sai por R$ 16 e a caneca por R$ 56.

Viagem privada
Por R$ 290, é possível reservar uma cabine só para você e até decorar e levar bebidas e comidas. Ideal para fazer aquela surpresa para a pessoa amada.

Ao final de um ano, 8.760 voltas
Além das milhares de voltas, são esperadas mais de um milhão de pessoas na roda-gigante. Pelo menos essa é a expectativa de público e funcionamento que a RioStar tem para o seu primeiro ano.

1 COMENTÁRIO

  1. Da Roda Gigante não se vê?
    – A Igreja da Penha , que é vista tanto do Pão de Acucar, como doCristo RedenTor?
    – Aeropoto Internacional do Rio?
    – Aterro do Flamengo?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui