Origem da gíria Talarico

De onde surgiu a gíria do Talarico? Ah, diz uma lenda que o culpado é meu tio. Isso mesmo. No já longínquo ano de 1992, saiu uma música de Zeca Pagodinho, o ilustre sambista, com o título “Talarico, Ladrão de Mulher”. Dizia assim: “Eu não falo mais com Talarico / Talarico roubou minha mulher”. Acontece que esse tio era da mesma área que o Zeca, o entorno de Del Castilho, e, dizem as más línguas, teria sido bem mulherengo.

Engraçado que meu pai adorava colocar essa música em casa e tinha o CD com ela. Para ele era algo bem engraçado e divertido. Somente muitos anos depois que Talarico começou a virar gíria, muito graças aos Racionais Mcs, pois essa popularização começou em São Paulo. Na música “Vida Loka (parte 1)” do famoso grupo de rap, tem um trecho que diz “Pronto pra chamar minha preta pra falar / Que eu comi a mina dele ah, se ela tava lá / Vadia mentirosa, nunca vi, deu mó faia / Espírito do mal! Cão de b**eta e saia / Talarico nunca fui e é o seguinte / Ando certo pelo certo, como 10 e 10 é 20”. Veio no álbum Nada como um Dia após o Outro Dia, em 2002.

O negócio cresceu tanto que é possível encontrar em diversos dicionários da internet o termo. Alguns desses dizem que Talarico é um “substantivo masculino que descreve um homem que se envolve fisicamente ou emocionalmente (de forma imprópria) com a mulher de um dos seus amigos”. Ou seja, sinônimo de fura-olho.

Já criaram até a palavra “talaricagem”. Caiu na boca do povo. Quando digo meu sobrenome, em muitas ocasiões, se tem homem por perto com a esposa, namorada ou pretendente, ele já passa na frente como se fosse para proteger. As pessoas não acreditam que é um sobrenome e ficam prontamente atentas.

Entretanto, a origem do nome é bem mais antiga. Seria de uma família do sul da Itália, ilustre, de nobreza clara e comprovada, chamada Tallarigo ou Talarico, com residência, a princípio, em Catanzaro e Nápoles. Essa linhagem, ao longo dos séculos, teve destaque, com muitas figuras de renome. Entre eles, Horácio, notário, de Catanzaro, em 1563; Michele, que defendeu Malta contra os turcos, em 1565; Giacomo, soldado dos couraças do rei Filipe II da Espanha; dr. Alfonso, Notário Real, de Nápoles, em 1598; D. Lorenzo, cânone, teólogo e comissário apostólico, de Catanzaro.

Tem gente famosa mais recente também. Conhece o vocalista do Aerosmith, o Steven Tyler? Então, na verdade, Tyler é nome artístico porque o real é Talarico. Valeu, primão, adoro suas músicas.

A origem etimológica é incerta; provavelmente viria do nome pessoal germânico Athalaric, que significa “poder nobre”. Por outro lado, já encontrei também que quer dizer “Senhor do Vale”.

O nome Talarico começou a aparecer nos Estados Unidos e Canadá entre 1911 e 1920. Aliás, em 1920, na Pensilvânia, eram 31 famílias com o sobrenome Talarico, uma outra boa parte se encontrava em Nova Iorque. Atualmente, a maioria dos Talaricos está nos Estados Unidos; em segundo lugar, no Brasil; em terceiro, na Itália; em quarto, na Argentina.

Ainda encontrei um outro significado para Talarico, que gostei bastante: “pessoa amável, homem rápido, prático e objetivo. Aquele que tem charme”. Opa, concordei modestamente.

Atualmente, tem um deputado lá no Texas, Estados Unidos, que viralizou na internet ao descobrir o que seu sobrenome quer dizer no Brasil. É um tal de James Talarico.

Mas a região italiana que seria a origem da famiglia Talarico seria a Calábria, mais especificamente da comuna de Scigliano, na província de Cosenza, a qual, inclusive, tem São José como padroeiro, o santo do ano de 2021, para a Igreja Católica.

Enquanto isso, na Terra Brasilis, já tem “Forró do Talarico”, funks diversos, outros raps, e até sertanejo (Amigo Talarico),

E, devo dizer, apesar de ter virado uma gíria pejorativa, meu orgulho é tamanho que nem cabe em mim de ter esse sobrenome italiano. Sou grato por esse bisavô ter tido a coragem de partir da Itália para chegar no Brasil.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui