Centro do Rio de Janeiro por Rodrigo Soldon

Quem quiser conhecer um pouco mais do Centro do Rio ou está fazendo turismo pelo Rio no mês de novembro não pode deixar de ir a um dos passeios organizados pelo pessoal da NeghaRio da UERJ. Ciceroneados por Doutorandos e bolsistas de Geografia da UERJ os estudiosos apresentam um pouco sobre o Centro desconhecido pela esmagadora maioria dos cariocas.

O melhor é que o passeio é gratuito, basta se inscrever pelo telefone: (21) 98871-7238 ou no e-mail: roteirosgeorio@uol.com.br. Nesta sexta, 15 de novembro, já tem passeio marcado, veja a lista completa:

Ordem e Progresso no Rio dos Símbolos Republicanos

Data: 15 de novembro às 15 horas
Ponto de encontro: portaria da Casa de Deodoro na Praça da República 197 (na confluência da Praça da República, Campo de Santana e Av. Presidente Vargas)
Itinerário:

  • Campo de Santana e da Proclamação da República
  • Rua da Constituição
  • Praça Tiradentes (um nome recuperado e imposto pela República)
  • Rua da Carioca, o alargamento de um logradouro na busca da Paris nos Trópicos
  • Largo da Carioca – o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa
  • Av. Rio Branco e Cinelândia com monumentos criados pelos ideais Republicanos
  • O bota-abaixo de Pereira Passos, Rodrigues Alves e Paulo de Frontin;
  • A erradicação e combate às velhas usanças promovidas por Oswaldo Cruz, o “Rato, Rato” no canto do povo no Reinado de Momo, a inauguraçao da Avenida Rio Branco no momento simbólico de 15 de novembro de 1905;
  • O disciplinamento do uso do solo urbano de então; uma artéria-símbolo da ordem e do progresso republicanos na capital do país;
  • A mudança da toponímia em 1912 com a morte do diplomata Rio Branco, as diversas temporalidades das edificações deste traçado;
  • As manifestações políticas e procissões religiosas;
  • Os triunfantes desfiles de celebridades, misses, atletas, políticos e atores;
  • Os carnavais de outrora e da atualidade na Avenida desta Sebastianopolis;
  • A permanência e requalificação do Edifício Central com seu infoshopping;
  • O equipamento urbanístico nas calçadas da Avenida;
  • As diversas temporalidades e os suntuosos edifícios junto à Cinelândia e seu precioso/belo conjunto arquitetônico;
  • Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas geografias na Olímpica e Maravilhosa Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro;
  • A Rio Branco como centro de financeiro, de gestão, cultural, religioso; político e de toda gente;
  • Rio Branco – uma avenida na alma do povo.

Caminhando por Negras Geografias no Centro do Rio

Data: 20 de novembro – 10 horas da manhã – (quarta-feira) – em homenagem a Zumbi dos Palmares
Ponto de encontro: Estação do metrô Praça Onze
Itinerário:

  • Praça Onze dos bambas
  • Sambódromo (visita)
  • Monumento a Zumbi dos Palmares
  • Terreirão do Samba/palco João da Baiana (visita)
  • Escola Tia Ciata (em reverência à yalorixá da Pequena África do Rio de Janeiro)
  • Igreja de Santana, mãe de Maria, avó de Jesus, a Nanã de negra devoção (visita)

Marlene 91 Novembros – Deus Salve a Rainha!

Um roteiro em homenagem aos 91 anos de vida (22 de novembro) da cantora e atriz Marlene

Data: dia 22 de novembro de 2013, sexta-feira – 10 horas da manhã
Ponto de Encontro: Portaria do Edifício A Noite (Praça Mauá, 7)
Itinerário:

  • Edifício A Noite – um patrimônio da arquitetura nacional – Rádio Nacional e da soberana Marlene
  • Praça Mauá e as metamorfoses com vistas às Olimpíadas e ao Porto Maravilha
  • Terraço do MAR (Museu de Arte do Rio)
  • Os avanços em aterros sobre o mar
  • O túnel sob o morro de São Bento
  • A dinâmica da Rua Sacadura Cabral
  • Rua São Francisco da Prainha
  • Igreja São Francisco da Prainha
  • Pedra do Sal, um dos berços do samba, e de João da Baiana, o compositor que ensinou Marlene a sambar como a “Maior” tantas vezes proclamou.

Domingo no Centro do Rio

Data: 24 de novembro – domingo – às 9 horas e 55 minutos
Ponto de encontro: Alto do morro de São Bento – Rua Dom Gerardo, 40 – 5º andar
Itinerário:

  • Mosteiro de São Bento (assiste-se a cinco minutos da missa com cantos gregorianos)
  • Vista Panorâmica da Praça Mauá, Área Portuária e Baía de Guanabara
  • Av. Rio Branco
  • Largo de Santa Rita/Largo da Sardinha
  • Rua Teófilo Otoni de magníficos sobrados (e de Lamartine Babo)
  • Av. Presidente Vargas
  • Igreja Nossa Senhora da Candelária (visita)
  • Centro Cultural Banco do Brasil (intervalo de 20 minutos)
  • Centro Histórico Beira-Mar e de testemunhos geográficos
  • Rua Buenos Aires
  • Beco das Cancelas
  • Rua do Rosário e dos toporreabilitados sobrados do Dr. Carlos Lessa
  • Rua do Ouvidor
  • Travessa do Comércio/ sobrado de Aurora e Carmen Miranda
  • Praça XV, Igreja do Carmo e da sagração de Dom João VI e de Imperadores
  • O toque vigoroso dos skatistas sobre o chão liso da Praça XV
  • Paço Imperial e de Isabel de Orleans e Bragança (somente maquete do Centro do Rio e janela da anunciação da assinatura da Lei Áurea)

Roteiro Noturno no Centro do Rio a Pé

Data: 27 de novembro de 2013 – quarta-feira – 20 horas
Ponto de encontro: Jardins da Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro (esquinas de Praça Tiradentes com ruas da Carioca e Silva Jardim)
Itinerário:

  • Iluminados prédios da Catedral Evangélica do Rio de Janeiro e Real Gabinete Português de Leitura
  • Centro Cultural Carioca
  • Igreja Nossa Senhora da Lampadosa
  • Av. Passos
  • Território da “Daspu”
  • Praça Tiradentes do Monumento a Dom Pedro I, dos teatros seculares e dos modernos hotéis
  • Lavradio dos antiquários e casas de shows de iluminação mutante
  • Quarteirão Cultural e do Rio Scenarium
  • Esplanada de Santo Antonio
  • Largo Braguinha
  • Mem de Sá dos sobrados exuberantes, samba de raiz, marchinhas, mambo, funk, rock, travestis e mitológica malandragem
  • Seculares e simbólicos Arcos da Lapa

Caminhando de Madrugada no Centro da Olímpica e Maravilhosa, Patrimônio Mundial da Humanidade

Em homenagem aos 105 anos da Cidade Maravilhosa. No dia 29 de novembro de 1908, o escritor Coelho Neto cunhou a expressão “Cidade Maravilhosa” no jornal A Notícia. Parabéns ao Rio, Cidade Maravilhosa”. Somente uma cidade Olímpica e Maravilhosa, como o Rio de Janeiro, pode festejar três aniversários a cada ano: 1º de março, fundação da cidade – 20 de janeiro, dia do padroeiro São Sebastião – 29 de novembro, a distinção de Cidade Maravilhosa.

Data: Às 23 horas e 58 minutos do dia 29 de novembro de 2013, sexta-feira
Ponto de encontro: Degraus do Theatro Municipal, Cinelândia
Itinerário:

  • Majestosos prédios do Theatro Municipal e da Biblioteca Nacional
  • O eterno Cine Odeon
  • Centro Cultural da Justiça Federal (antigo Supremo Tribunal Federal)
  • Boêmio Amarelinho
  • Câmara dos Vereadores/Palácio Pedro Ernesto
  • Metrô, uma sentinela luminosa a nos conduzir por lunares e ensolaradas Geografias
  • Av. Treze de Maio
  • Largo da Carioca, o diálogo do Rio Colonial com a Cidade Maravilhosa
  • Esplanada de Santo Antonio / Avenida Chile da Iluminada Catedral Metropolitana de São Sebastião do Rio de Janeiro
  • BNDES
  • Petrobrás
  • Ventura Towers
  • Rio Scenarium
  • Iluminação mutante, os pulsares e a multidão do Quarteirão Cultural da Rua do Lavradio

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui