A ESPM, escola de negócios com foco nas áreas da economia criativa, anuncia a aquisição da Villa Aymoré, conjunto arquitetônico instalado no bairro carioca da Glória, que é um marco da história do Rio de Janeiro. O conjunto, cujos prédios da fachada foram construídos no início do século passado e passaram recentemente por restauro, abrigarão os cursos de graduação e pós-graduação da ESPM na cidade. As obras de adequação devem ser iniciadas em julho. A previsão é que os prédios possam ser ocupados pela escola a partir de outubro deste ano.

O empreendimento de arquitetura eclética, tombado como patrimônio cultural pelo município, foi construído entre os anos de 1908 e 1910 e está localizado em uma alameda cujo nome remete aos de índios tupinambás, os primeiros a ocuparem o morro da Glória. A restauração e adaptação da Villa Aymoré ocorreu em 2010, após a escolha do Rio de Janeiro para sediar os jogos Olímpicos e Paraolímpicos de 2014. Desde então, o local se reintegrou à vida urbana com modernidade, mas sem perder seus valores históricos e culturais.

O campus ESPM Villa Aymoré tem 8.916 metros quadrados, sendo mais de 8 000 deles de área construída. De acordo com Dalton Pastore, presidente da ESPM, o espaço, a infraestrutura, a arquitetura eclética e contemporânea, o valor cultural para a cidade, somam-se à inovação e à criatividade, características presentes no DNA da escola. “Era preciso encontrar um espaço que pudesse ter todos os elementos que completassem a respeitabilidade e a qualidade do nosso ensino”, diz Pastore. “Ocupar a Villa Aymoré é uma grande oportunidade para mantermos nossa excelência acadêmica, de prestação de serviço e de instalações. Mais do que isso: é uma demonstração de que acreditamos profundamente na importância da cidade do Rio de Janeiro e de seu mercado.”

Para Gustavo Felizzola, sócio responsável pela área imobiliária da Trafalgar Investimentos, gestor do fundo que era dono da Villa Aymoré e responsável pela restauração do local, o imóvel e sua simbologia não poderiam ter melhor uso. “Estamos muito felizes com o fato de que a Villa Aymoré passará a ser um campus universitário de excelência”, diz. “Foi um casamento perfeito”.

Presente no Rio de Janeiro desde 1974, a ESPM oferece na graduação os cursos de Administração, com ênfase em Entretenimento, Cinema e Audiovisual, Design, Jornalismo e Publicidade e Propaganda. Nas áreas de lato sensu e stricto sensu, oferece nove cursos, inclusive o Mestrado Profissional em Gestão da Economia Criativa. Os dez prédios e o anexo do campus ESPM Villa Aymoré serão usados exclusivamente pela comunidade acadêmica, formada por cerca de 1800 alunos e 200 funcionários e professores. A expectativa é que a ESPM comemore seus 70 anos de fundação, em outubro, com a inauguração do novo campus, caso as condições sanitárias da época permitam.

Para essa e outras histórias, siga meu instagram @marketingeoutrashistorias

Renata Granchi
Renata Granchi é jornalista, publicitária com mestrado em psicologia. Passou pela TV Manchete, TV Globo, Record TV e TV Escola. Escreveu dois livros didáticos e atualmente presta consultoria em comunicação e marketing para empresas do trade, como o canal de TV Like, Dom Produções Criativas, Audima, entre outras.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui