Condomínio Bella Vista, em Barra do Piraí, no Sul Fluminense - Foto: Divulgação

Na última quinta-feira (26), o Governo do Rio de Janeiro inaugurou 81 unidades habitacionais no bairro Vargem Alegre, em Barra do Piraí, município da região Sul Fluminense.

A solenidade de entrega das chaves do Condomínio Bella Vista contou com a presença do governador Cláudio Castro; do secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos; do presidente da Companhia Estadual de Habitação (Cehab), Ângelo Monteiro Pinto; e do prefeito local, Mário Esteves, além de outras autoridades municipais, estaduais e federais.

”Quando se fala em programa habitacional, não é só tijolo e cimento, é sobre dar dignidade a seres humanos. Temos que recuperar mais do que pontes, viadutos e estradas em nosso estado. Precisamos recuperar a credibilidade da população do RJ. Estamos criando empregos, a economia está reagindo e estamos junto às prefeituras para mudar a vida das pessoas, como essas 81 famílias aqui representadas”, afirmou Cláudio Castro.

Já Max Lemos aproveitou seu momento de fala para adiantar novidades na luta para diminuir o déficit habitacional do Rio de Janeiro. ”Temos nos dedicado a mudar a história da habitação no estado. Estamos de acordo com a determinação do governador Cláudio Castro para recuperar unidades habitacionais que não têm condição de habitabilidade. São mais de R$ 200 milhões liberados pela gestão estadual para recuperar estas moradias. Também temos a missão de construir novas moradias, e por isso, no próximo dia 4, lançaremos o maior programa habitacional da história do RJ: 50 mil unidades construídas em 5 anos. Agradeço ao governador a oportunidade de marcar a vida das pessoas oferecendo habitação para os fluminenses terem condição de viver bem com suas famílias por muitos anos”, disse.

Cláudio Castro e Max Lemos na inauguração do Condomínio Bella Vista – Foto: Divulgação

Para representar as famílias contempladas pela entrega, sem promover aglomeração, foram escolhidos cinco representantes dos beneficiários para receber as chaves, entre elas Alessandra Yamamoto, de 50 anos, que estava visivelmente emocionada.

”Só Deus sabe o que é dormir na caçamba de um caminhão e acordar sem saber onde a gente tá. Antes disso, só tinha morado de favor, mudando de casa de quem me ajudava. Agora estou aliviada, já ganhei até um fogão para começar a mobiliar minha casa. Nunca tive casa própria, mas isso muda hoje”, declarou.

Vale ressaltar que as obras realizadas pela Cehab-RJ, vinculada à Secretaria de Infraestrutura e Obras (Seinfra), tiveram um investimento de R$ 4.389.172,27, custeados pelo Fundo Estadual de Habitação de Interesse Social (Fehis).

As novas unidades possuem 32m² divididos em sala, quarto, cozinha e banheiro. Além de obras de infraestrutura e urbanização, as intervenções incluem sistema de esgotamento sanitário, pavimentação, drenagem, calçamento e iluminação pública.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui