Contos Negreiros do Brasil na Cidade das Artes

Contos Negreiros do Brasil

Vidas negras importam!

O Brasil é um país que foi fundado como colônia de exploração, onde sua força de trabalho baseada em negros sequestrados da sua terra natal e escravizados. Isso começou há mais de 400 anos e pouco mudou com a assinatura da Lei Áurea, há quase 130 anos, em 13 de maio de 1888. O grande problema é que os negros foram libertados e não inseridos na sociedade, recebendo os piores tratamentos possíveis e sendo alvos de inúmeras segregações.

Ainda hoje, esses problemas são rotineiros. Mas se você quiser entender o resultado de boa parte desses anos de exclusão, você precisa assistir Contos Negreiros do Brasil, um espetáculo documentário sobre a condição real e atual da negra e do negro no Brasil. A peça retrata a realidade do jovem estudante, o gay negro, a negra hipersexualizada pela sociedade, o menor infrator, a prostituta e a idosa.

Os personagens vão entrando nas cenas por meio das estatísticas apresentadas pelo sociólogo e filósofo Rodrigo França, são dados atuais e que trazem uma verdade incômoda para provocar reflexões da plateia. Os atores interpretam todos os personagens que estão contidos no livro de Marcelino Freire, “Contos Negreiros”.

O público tem acesso a índices estatísticos, contextualizados com cenas que reproduzem dores, paixões, medos, alegrias e angústias cotidianas de toda uma população negra. A carne negra é exposta em suas dimensões e experiências reais, sociais e culturais.

Você não pode perder esse espetáculo.

Contos Negreiros do Brasil
Cidade das Artes – Barra da Tijuca
17 e 18, 24 e 25 de março
Sábado às 20h
Domingo às 19h
Classificação etária: 14 anos
Ingressos: R$50, inteira R$25, meia entrada.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui