Uma conversão proibida realizada por um motociclista acabou resultando em colisão com um BRT. O acidente ocorreu por volta das 13h30 desta segunda-feira (9) no corredor Transcarioca, no trecho entre as estações Campinho e Pinto Teles, no sentido Recreio dos Bandeirantes.

O motociclista, menor de idade, quebrou uma perna e deslocou a clavícula. Ele foi levado por agentes do Corpo de Bombeiros para o Hospital Salgado Filho. Policiais da 30ª DP estiveram no local e registraram  a ocorrência.

Somente este ano, cerca de 104 articulados foram retirados de operação devido a colisões provocadas por infrações de outros motoristas nas pistas exclusivas. São avanços de sinal, conversões proibidas e invasão à canaleta. Dependendo da avaria, o BRT pode ficar de um dia a uma semana na garagem até que possa voltar a circular.

O BRT Rio faz campanhas permanentes em suas redes sociais alertando para os perigos da invasão à pista exclusiva, do avanço de sinal e da conversão proibida, e reitera a conscientização necessária por parte de todos – motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres – para evitar esse tipo de acidente.

2 COMENTÁRIOS

  1. Precisa ser criada pela Câmara – ALERJ, Projeto de Lei de responsabilidade de ressarcimento, aos danos causados por imprudência do infrator nas vias do BRT.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui