Copacabana recebe 2ª operação contra consumo de crack e delitos praticados por meliantes em menos de uma semana

Ação abordou 44 suspeitos; a maioria deles tinha anotações criminais por furto, roubo, Lei Maria da Penha, desacato, agressão, porte de armas e tráfico de drogas

Operação contra o crack em Copacabana - Foto: Divulgação

O bairro de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, recebeu, nesta quinta-feira (04/08), mais uma operação do Governo do Estado com o intuito de reprimir o consumo de crack e os delitos praticados por marginais na região. Na última segunda (01/08), isso já havia acontecido.

Contando com policiais do 19º BPM e da Operação Copacabana Presente, além de agentes da Superintendência da Zona Sul (Segov), a ação abordou 44 suspeitos. A maioria deles tinha anotações criminais por furto, roubo, Lei Maria da Penha, desacato, agressão, porte de armas e tráfico de drogas.

Os policiais apreenderam diversas facas e tesouras. Próximo à estação Siqueira Campos do MetrôRio, por exemplo, foram recolhidos centenas de pinos vazios que servem para guardar cocaína.

”A ação de hoje é mais uma etapa das operações integradas que estamos deflagrando nos bairros da Zona Sul para combater o uso do crack e os delitos praticados contra a população. Agimos com perseverança e atuação permanente nas ruas para dar tranquilidade aos moradores”, afirmou o superintendente Marcelo Maywald.

A operação percorreu, entre outros pontos do bairro, os seguintes locais: avenidas Atlântica, Princesa Isabel e Nossa Senhora de Copacabana; ruas Barata Ribeiro, Siqueira Campos e Figueiredo de Magalhães; e praças do Lido, Serzedelo Corrêa e Simon Peres.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui