Militares fazem ação de desinfecção na Central do Brasil para evitar o contágio por coronavírus. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Militares das Forças Armadas iniciaram, nesta quinta-feira (26), o trabalho de desinfecção na Central do Brasil, um dos locais de mais movimento do Rio em tempos de normalidade.



Siga nossas redes e assine nossa newsletter, de graça

Jornalismo sério, voltado ao Rio de Janeiro. Com sua redação e colunistas, o DIÁRIO DO RIO trabalha para sempre levar o melhor conteúdo para os leitores do site, espectadores dos nossos programas audiovisuais e ouvintes dos nossos podcasts. O jornal 100% carioca faz a diferença.

Na Central ficam as estações de partida dos trens para as Zonas Norte e Oeste e para Baixada Fluminense.

No local, há também uma estação de metrô que leva passageiros para todas as regiões da cidade, inclusive a Zona Sul.

Militares participam da ação de limpeza em locais com grande circulação. Foto: Marcos de Paula / Prefeitura do Rio


Essa desinfecção nos veículos e instalações usados por grande número de pessoas é feita fora do horário de funcionamento ao público por técnicos do Exército e da Marinha com essa expertise. É um trabalho complementar, porque a Comlurb já faz também esse serviço“, explicou Júlio Cesar de Almeida, comandante militar do Leste.

A ação preventiva de desinfecção também conta com o trabalho dos garis da Comlurb nas barcas e no metrô.

Apenas as pessoas que cumprem trabalhos essenciais podem embarcar nos transportes públicos, desde que mostrem a carteira de trabalho ou documento de comprovação.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui