Corpo de Bombeiros do Rio conquista, na Holanda, 24 medalhas no World Police & Fire Games 2022 (WPFG) 

Competição é o maior evento desportivo do mundo depois das Olimpíadas. Onze medalhas da bagagem são de ouro

O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) conquistou 24 medalhas no World Police & Fire Games 2022 (WPFG), o segundo maior evento desportivo do mundo que começou no último dia 22, em Rotterdam, na Holanda. Destas, 11 foram ouro. Esta manhã, 31 de julho, décimo e último dia de competição, o major Miguel Morone foi campeão na meia maratona, configurando o resultado de melhor bombeiro corredor do mundo. O Brasil ficou em 4º lugar com 295 medalhas.

Dez atletas do CBMERJ participaram do World Police and Fire Games, uma das maiores competições do mundo, ficando atrás somente dos jogos olímpicos. O evento é voltado para todos os atletas das forças de segurança e Defesa Civil do mundo e, este ano, contou com mais de 10 mil competidores de 70 países.

– Os atletas do CBMERJ trazem para o Estado do Rio não só medalhas, mas orgulho e inspiração para nossa tropa em suas bagagens. Eles são extremamente qualificados e já demonstram isso no dia a dia da corporação, no exercício de suas funções. A equipe é de alto nível e tem um excelente preparo técnico e físico, sempre prontos para prestar o melhor serviço de atendimento à população fluminense – disse o secretário de Estado de Defesa Civil e comandante-geral do CBMERJ, coronel Leandro Monteiro.

A corporação participou das modalidades de ciclismo, de remo, de natação, de atletismo, da meia maratona e do Ultimate Firefighter. Em linhas gerais, todas as modalidades disputadas exigem ótimas capacidades físicas. O condicionamento aeróbico, por exemplo, permite ao bombeiro maior autonomia de trabalho no combate a incêndios, bem como a resistência muscular permite o trabalho com sobrecarga durante período mais prolongado, exigência comum dos salvamentos. Tendo essas capacidades como base, a similaridade das habilidades específicas vai contribuir para a eficiência operacional.

A natação é fundamental para o salvamento no mar. Dois dos nossos representantes são guarda-vidas da corporação. Os resgates requerem habilidades natatórias em alto nível para alcançar as vítimas com rapidez e conduzi-las até as areias. Tanto o ciclismo como o remo, apesar de não se assemelharem com a atividade-fim, exigem grande resistência muscular nas pernas, fundamental para sustentar o trabalho com sobrecarga, seja carregando equipamentos e/ou vítimas.

A prova com maior similaridade, inclusive inspirada na atividade-fim, é o Ultimate Firefighter. Os estágios da competição são executados por atletas devidamente equipados, executando tarefas-padrão do combate a incêndios, subindo escadas, enrolando e içando mangueiras, simulando abertura forçada de portas, carregando vítimas, etc. A competição mostra, de verdade, quem é o bombeiro mais preparado para sua missão.

Veja o quadro de medalhas:

1 – Ouro: Sargento Fernandes no Ultimate Firefighter;
2 – Ouro : Subtenente Tavares no Ultimate Firefighter;
3 – Ouro : Tenente Larissa Queiroz no Ultimate Firefighter;
4 – Ouro: Sargento Filipe Pereira nos 50 m nado peito;
5 – Ouro: Cabo Naiana no salto em altura;
6 – Ouro: Cabo Naiana no lançamento de dardo;
7 – Ouro: Cabo Naiana nos 50 m nado costas;
8 – Ouro: Sargento Filipe Pereira nos 50 m nado costas;
9 – Ouro: Cabo Naiana nos 50 m nado livre;

10 – Ouro: Sargento Filipe Pereira e CB Naiana no revezamento 4×50 medley misto;
11 – Ouro:  Major Morone na meia maratona;
12 – Prata: Sargento Filipe Pereira nos 400 m nado livre;
13 – Prata: Capitão Marcos Santos, Subtenente Tavares, Sargento Fernandes e sargento Silva no Ultimate Fitefighter (equipe);
14 – Prata: Sargento Filipe Pereira no revezamento 4×50 m medley;
15 – Bronze : Sargento Silva no Ultimate Firefighter;
16 – Bronze : Major Eduardo Mugayar nos 400 m nado livre;
17 – Bronze : Major Eduardo Mugayar nos 100 m nado livre;
18 – Bronze : Major Eduardo Mugayar e Sargento Filipe Pereira no revezamento 4×50 m nado livre;
19 – Bronze : Cabo Naiana no salto em distância;
20 – Bronze: Sargento Filipe Pereira nos 200 m medley;
21 – Bronze: Sargento Filipe Pereira nos 200 m nado livre;
22 – Bronze: Major Barros no remo indoor;
23 – Bronze: Major Eduardo 200 m nado livre;
24 – Bronze: Major Eduardo 50 m livre.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui