Coruja-orelhuda é resgatada no Centro de Saquarema

Agentes da Guarda Ambiental foram acionados para realizar o resgate do animal, que foi encontrado por uma moradora na marquise abaixo da janela do seu apartamento

Foto: Divulgação

Na tarde da terça-feira (24/05), agentes da Guarda Ambiental de Saquarema foram acionados para realizar o resgate de uma coruja orelhuda, encontrada por uma moradora na marquise abaixo da janela do seu apartamento, no Centro.

Como o animal apresentava ferimentos, foi encaminhado para cuidados ao Instituto BW, ONG parceira voltada para a preservação e reabilitação de animais selvagens na Região dos Lagos, onde ficará em tratamento até que possa ser introduzido novamente em seu habitat.

A coruja-orelhuda é encontrada em todas as áreas florestais do Brasil, exceto na Amazônia. Pode medir até 37cm e viver cerca de 20 anos em locais com boa oferta de presas como roedores, morcegos, gambás, insetos grandes, lagartos e rãs.

A Guarda Ambiental de Saquarema alerta à população sobre a importância de não manipular animais silvestres, pois o contato sem a constatação do seu estado sanitário pode ser prejudicial à saúde. Em caso de avistar espécimes em situação de risco, a orientação é entrar em contato através do telefone 22-99279-0540 ou do e-mail guardaambiental@saquarema.rj.gov.br e solicitar o resgate. No caso de cobras, que podem ser peçonhentas, as instruções são manter o afastamento, isolar a área e acionar a Guarda.

Advertisement

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui