Imagem meramente ilustrativa - Foto: Dado Ruvic/Reuters

A vacina contra a Covid-19 que será fabricada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e está sendo desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca está cada vez mais perto de ser oficialmente registrada.

Isso porque, na última quarta-feira (19/08), a Fiocruz promoveu uma reunião – que aconteceu virtualmente – com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para detalhar seu plano de produção. A informação é do jornalista Lauro Jardim, do ”O Globo”.

Na conversa, uma das informações passadas pela Fiocruz à Anvisa, por exemplo, foi o detalhamento de em qual de suas unidades acontecerá cada uma das etapas do processo de criação da vacina. Vale ressaltar, ainda, que a mesma será chamada oficialmente de ChAdOx1 nCoV-19 ou AZD1222.

A tendência, de acordo com pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz, é de que a vacinação contra a Covid-19 seja iniciada em fevereiro de 2021. A qualidade e capacidade de imunização da vacina, inclusive, foi avaliada pela presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, com nota de 9,5.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Avatar

O Jornal 100% Carioca

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui