Os Policiais Civis do Rio de Janeiro entrarão na justiça para tentar receber adicional de insalubridade. A categoria afirma que está exposta ao risco de contaminar-se com o novo coronavírus, tendo em vista que seguem atendendo nas delegacias e fazendo diligências fora.

Os policiais já recebem o adicional de periculosidade, em razão de estarem potencialmente expostos à violência. Mas agora, têm um novo inimigo, o novíssimo coronavírus.

Carlos Jund é o advogado responsável por pleitear o direito em nome do Sindicato dos Policiais Civis do Rio (Sindpol). O profissional do direito diz que entrará com a ação nos próximos dias. Jund explicou que o adicional de insalubridade é um tipo de benefício que a lei estabelece para qualquer trabalhador, do setor privado ou público, que executa alguma atividade que de alguma forma pode ameaçar sua saúde, expondo o profissional à possibilidade de contaminação.

“O direito à insalubridade aos servidores dos serviços essenciais em tempos de pandemia é patente, direito este que pode ser pleiteado por meio de ações coletivas ou individuais. Consideramos que os tribunais não virarão as costas a esses profissionais”, disse o advogado ao jornal O Dia.

4 COMENTÁRIOS

  1. Sr Daniel, com todo respeito a sua opinião, pois demonstra claramente não conhecer o trabalho policial,antes de chamar de cretinos e oportunistas, lembre-se que os balconistas, vendedores não tem a mesma clientela q o policial. Nunca vi um policial algemar sem tocar em seu oponente, o policial não está parcialmente protegido por um balcão ou uma fita amarela, e não bate o ponto as 18 e vai pra casa. Vai ser difícil um policial lhe ajudar, se um dia precisar, mantendo a distância de 2m do senhor, e antes de sequer tomar qqr atitude, parar para lavar as mãos, passar álcool gel e por sua máscara.

  2. Justo receber adicional apenas no período de 4 meses.
    Eles enfrentam aglomerações e encostam em pessoas possivelmente infectados.

    Esse adicional deve ser pro rata pelo período da pandemia no Rio.

  3. Meu Deus! Que cretinos oportunistas!
    Por acaso quem trabalha no plantão Judiciário vai receber também?
    O atendente da farmácia, do mercado ?
    Ahhhh cretinice

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui