Idosos começara a ser vacinados neste domingo (31), em evento simbólico no Palácio da Cidade - Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (01/02), a Prefeitura do Rio de Janeiro dá início à vacinação contra a Covid-19 em idosos na capital fluminense. E dentre todos os que têm direito a ser imunizados, cerca de 25 mil estão em situação de vulnerabilidade social, com a maioria abaixo da linha da pobreza. Pensando neles, o Poder Executivo Municipal prepara uma ação especial.

”São aqueles que correm mais risco, que têm filhos e netos que usam transporte público diariamente para trabalhar e que, muitas vezes, não têm nem capacidade para verbalizar suas dores”, disse o secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, após reunião com a secretária de Assistência Social, Laura Carneiro, para estrutura o trabalho.

Os idosos mais vulneráveis serão transportados pela Assistência Social até os locais de vacinação, com a ação sendo iniciada com pessoas a partir de 99 anos, tanto os que já participam dos programas sociais como Bolsa Família e Cartão Família Carioca quanto os que não têm ainda qualquer tipo de assistência da rede social no município do Rio.

A preocupação das duas secretarias é com aqueles que não têm meios de chegar aos pontos de imunização devido às dificuldades econômicas. A ação especial se estenderá pelas próximas 4 semanas para idosos de até 80 anos, nas mesmas condições.

A partir dessa faixa etária, de acordo com o Estatuto do Idoso – legislação da qual Laura Carneiro é coautora -, os idosos terão ”prioridade especial” em atendimentos de saúde por suas características de vulnerabilidade mais acentuadas.

”As equipes dos nossos CREAs e CRAs [centros de referência da rede de assistência social] acompanharão esses idosos que serão transportados aos pontos de vacinação. Chegando ao local, esses idosos serão vacinados no próprio veículo no qual forem transportados”, explicou Laura.

Por fim, Daniel Soranz fez questão de ressaltar que os idosos acamados serão vacinados nas suas casas por equipes da Saúde: ”Os idosos acamados, ou com dificuldades de locomoção, serão vacinados em casa pelas equipes da Saúde da Família. O parente responsável deve procurar a unidade de saúde mais próxima de casa, onde receberá todas as orientações sobre a vacinação.”

Confira o calendário oficial de vacinação contra a Covid-19 no Rio para pessoas a partir de 80 anos de idade

01/02 (segunda-feira) – Pessoas a partir de 99 anos
02/02 (terça-feira) – Pessoas a partir de 98 anos
03/02 (quarta-feira) – Pessoas a partir de 97 anos
04/02 (quinta-feira) – Pessoas a partir de 96 anos
05/02 (sexta-feira) – Pessoas a partir de 95 anos
06/02 (sábado) – Pessoas a partir de 95 anos

08/02 (segunda-feira) – Pessoas a partir de 94 anos
09/02 (terça-feira) – Pessoas a partir de 93 anos
10/02 (quarta-feira) – Pessoas a partir de 92 anos
11/02 (quinta-feira) – Pessoas a partir de 91 anos
12/02 (sexta-feira) – Pessoas a partir de 90 anos
13/02 (sábado) – Pessoas a partir de 90 anos

15/02 (segunda-feira) – Pessoas a partir de 89 anos
16/02 (terça-feira) – Pessoas a partir de 88 anos
17/02 (quarta-feira) – Pessoas a partir de 87 anos
18/02 (quinta-feira) – Pessoas a partir de 86 anos
19/02 (sexta-feira) – Pessoas a partir de 85 anos
20/02 (sábado) – Pessoas a partir de 85 anos

22/02 (segunda-feira) – Pessoas a partir de 84 anos
23/02 (terça-feira) – Pessoas a partir de 83 anos
24/02 (quarta-feira) – Pessoas a partir de 82 anos
25/02 (quinta-feira) – Pessoas a partir de 81 anos
26/02 (sexta-feira) – Pessoas a partir de 80 anos
27/02 (sábado) – Pessoas a partir de 80 anos

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui