A CPI da Câmara Municipal do Rio de Janeiro que irá investigar os “guardiões” do prefeito Marcelo Crivella já recebeu as indicações da ala do prefeito que participarão da comissão.

Um deles será João Mendes de Jesus, ex-secretário de Assistência Social, que foi cadastrado como administrador de um dos grupos que trocava mensagens e organizava as ações na porta de hospitais.

Os demais membros serão Inaldo Silva (Republicanos) e Jorge Manaia (PP), líder do bloco Por um Rio Mais Humano. Isso significa que 2 dos 3 vereadores eleitos pelo partido em 2016 integrarão a CPI.

O PSol também mostrou sua indicação para a primeira suplência: Paulo Pinheiro.

2 COMENTÁRIOS

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui