Foto: Burst - Pexels

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (Cremerj) vê com preocupação os novos casos confirmados da variante Delta da Covid-19, também conhecida como “cepa indiana”, no estado do Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira, 15, a Secretaria Municipal de Saúde do Rio confirmou que a variante Delta já está em circulação na capital, após a contaminação de duas pessoas. Por esta razão, o Conselho pede que a população reforce o uso de máscaras, o distanciamento social e a higienização adequada das mãos, além de atenção redobrada ao calendário de vacinação.

Uma nota técnica foi assinada pelo Cremerj pedindo que as autoridades sanitárias dediquem esforços no combate desta nova variante e que a população, mesmo a que tenha sido vacinada contra o novo coronavírus, não se descuide das medidas de proteção. Todas as orientações do Conselho têm o objetivo de impedir a disseminação deste vírus entre cariocas e fluminenses. O alerta vem sendo feito desde maio, quando nenhum caso ainda havia sido confirmado no estado, e tem sido retomado após as últimas informações.

No início do mês, a Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro já tinha constatado outros dois casos da variante Delta.

O Cremerj pede atenção dos gestores de saúde e da sociedade para os cuidados quanto à transmissão do novo coronavírus, tendo em vista a confirmação desta nova cepa. Portanto, as recomendações sobre o uso de máscaras, a higienização adequada das mãos e o distanciamento social devem ser reforçadas”, destacou Walter Palis, presidente do Cremerj.

1 COMENTÁRIO

  1. Esse colunista dando uma notícia útil e não lambendo aquele cana*** na presidência para os ignorantes alienados por “zap” admirarem que milagre. Nunca vão fazer uma reportagem sobre os milhões que as farmacêuticas lucrarem com os remedinhos sem eficácia que aquele cara receitou que não adiantam de nada.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui