Boulevard Olímpico - Praça XV - Rio de Janeiro - Foto: Alexandre Macieira | Riotur

Não é segredo para ninguém que o Brasil vivia (e ainda vive) uma crise econômica nos últimos anos. E é claro que esse desequilíbrio respinga também no Rio de Janeiro. Por conta disso, a revitalização da Zona Portuária acabou afetada, mas, aos poucos, começa a evoluir, com a 1ª fase já estando praticamente finalizada. O governo carioca já criou novas galerias de esgoto, por exemplo, e o prédio-sede da L’Oréal e o edifício Vista Guanabara, que já tem 80% de ocupação, ajudam na valorização da área.

No Vista Guanabara, inclusive, que é um dos prédios mais modernos do país, já encontram-se o Bocom BBM, banco chinês, e a Casa Granado, famosa empresa brasileira de perfumes e cosméticos. Além deles, a seguradora Amil, que ocupará 8 andares, e o Grupo Generali, com 2, também farão parte do empreendimento.

A sede da Caixa Econômica Federal, atualmente localizada na Avenida Rio Branco, também será na Zona Portuária num futuro próximo. ”Vai tudo para o Porto Maravilha. Lá temos R$ 8 bilhões de crédito. Somos credores. Temos 2 prédios vazios lá. São 2 dos prédios mais modernos do Brasil, e a gente está pagando em outro lugar por um prédio em que não cabe todo mundo”, afirmou Pedro Guimarães, presidente da Caixa, em março desse ano, durante o seminário ”A Nova Economia Liberal”, na Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O presidente da Associação dos Embaixadores de Turismo do Rio de Janeiro, Claudio Castro, falou sobre o processo de revitalização: ”Tudo que se previa, na nossa opinião está caminhando para acontecer, porém muito mais lentamente do que o originalmente programado, devido à crise brasileira e do Rio de Janeiro. Porém, só o fato do edifício Vista Guanabara, que é muito bacana mas um dos mais caros da cidade, estar com mais de 80% de ocupação, já dá um alento aos investidores da área. Agora, importante: o Porto Maravilha só irá de fato ‘acontecer’ quando se fizerem empreendimentos residenciais! É preciso que alguém tome uma providência, seja a Caixa Econômica, que é dona dos Cepacs da região, ou a Prefeitura, no sentido de impulsionar a construção e posterior venda de imóveis residenciais no local, pois só assim haverá ‘vida’ no Porto, e tudo começa com ‘vida’ no Porto.”

8 COMENTÁRIOS

  1. – Foi um crime a destruição da Perimetral, esse viaduto poderia ter sido aproveitado para construção de VLTS suspenso e belos jardins panorâmicos. O prefeito Eduardo Paes, juntamente com os integrantes da Câmara de Vereadores à época, deveriam ser processados pelo ato insano de demolir o viaduto, uma obra construída com solidez e perfeição com utilidade comprovada ao longo dos anos.

  2. Tem que desenvolver, sim, especialmente empreendimentos comerciais e, paralelo a isso, incentivar a ocupação construindo para a classe média, pois pobre não tem pra gastar (e quando tem é pouco) e rico só dá valor às coisas do estrangeiro.

  3. HÁ, TÁ!!
    AGORA ” crise econômica ” VIROU PALAVRA DE ORDEM!!!
    CRISE DE VERDADE VAI SER, QUANDO O BRASIL TIVER QUE RECONSTRUIR A DEVASSA DO
    TSUNAMI DESTE DESGOVERNO./
    TRISTE./

    • Não tá satisfeita vai pra Cuba ou Venezuela, Coréia do Norte, etc. Tem muitos países que cultuam o seu ideal. Aproveita e boa sorte!

      • Quer Saber?
        SOU BRASILEIRA E COMO TAL TENHO O DIREITO DE OPINAR SOBRE TUDO E MAIS UM POUCO AO QUE SE REFERE AS QUESTÕES SÓCIO – POLÍTICAS DO MEU PAÍS./
        ” QUEM NÃO TEM ARGUMENTOS, SÓ REPETE O : VAI PRA CUBA, VENEZUELA…. ”
        POIS PARA O SEU ” governo , ” EU CONHEÇO PESSOALMENTE ESSES PAÍSES E SUA HISTÓRIA E GARANTO QUE POLITICAMENTE ESTÃO ANOS LUZ DO ANALFABETISMO POLÍTICO QUE NOS ASSOLA.
        DE RESTO, NÃO VOU ALONGAR MINHA RESPOSTA POIS SERIA ” PREGAR NO DESERTO. ”
        TÃO POUCO VOU TE MANDAR PRA ALGUM LUGAR POIS AQUI TAMBÉM TEMOS LIXÕES QUE É O TEU LUGAR, OK?

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui