A baiana, seu tabuleiro, suas roupas, seus turbantes, colares, um sorriso aberto e gestos largos que se transformam , rapidamente, para picar, temperar, dar sabor, misturar, fritar… Figura emblemática, Patrimônio Cultural Brasileiro, nos faz sentir em casa, com o coração batendo forte no amarelo do dendê e no verde dos temperos. Tudo isso está no Yaya Comidoria Pop, no Leme

Com móveis, originais ou especialmente feitos, com aquele ar do Rio Bossa Nova com o melhor do artesanato brasileiro, nesse clima, nessa mistura de nossas heranças, de nossas origens que pelas mãos da Chefes a pernambucana Dona Carmem Virgínia e que Andressa Cabral, que pilotam com maestria o Altar, em Recife a primeira e o Zema Bar, a segunda, criaram um passeio irretocável pelos pratos , gostos do Nordeste do litoral e do Sertão.

Começamos com os acarajés, comida de Yansã, a santa guerreira e padroeira da casa.  Os Mini acarajés com vatapá, caruru, camarões defumados e saladinha($49), fritinhos, sequinhos e coisa raríssima – a massa batida na mão no pilar, tradição centenária que faz o bolinho de feijão o luxo que é. Depois caímos  na Patota de Cosme – uma mistura de vatapá, caruru, omolokum, acaçá e mini acarajé ($29), pois, afinal, é tempo de homenagear os Erês, nossas crianças que  nos alegram. E, se é de  brindar à santa e às crianças, os drinques foram Santa Bárbara – gim, geleia de morango, limão e espuma de gengibre ($26) e Banzeiro – cachaça, limão, vinho tinto, espuma de gengibre($25).

Os principais encontram nas moquecas a base de um cardápio que juntam os favoritos brasileiros ( massas) aos temperos perfumados dos frutos do mar, mas incluem também as carnes. Fomos de Peixe à Inajá($54) – Peixe com molho de moqueca, camarões salteados, arroz Inajá (coco, banana e queijo coalho) e clássico capitão (bolinho de feijão e farinha). Bem servido, com tudo na medida certa, bastante camarões, o molho regando o arroz. De repetir. Quisemos também o Ragu de ossobuco na cerveja preta com canjiquinha e agrião ($56) que harmoniza molho, carne com a crocancia da canjiquinha e o ardido fresco do agrião.

Para finalizar , não resistimos Punhetinhas com Leite Condensado -massa doce de tapioca e coco frita e a Cocada Mole ($18) que chega no potão, com pedaço de coco e a consistência de doce… Ah que delícia. Não deixe de pedir antes, durante, depois  o Pastel de polvo com vatapá ($13) e  Croquete de moqueca ($10). E para melhorar ainda mais, se é que é possível, escolha um dos molhos Molhos: Maionese de Cachaça, Molho Crioulo de Ervas, Molho de mostarda e melaço, Sweet Chilli de Acerola (5).

A cerveja é véu de noiva, como se diz na Bahia, o café que adocei com melado, ficar vendo na arquitetura o Rio maravilhoso ao mesmo tempo que nos objetos, nas louças, na apresentação vemos o que o Brasil tem de melhor e mais potente. Arte, cor, comida, hospitalidade. Puro prazer que com a benção dos santos e com a alegria das crianças encontramos o que podemos ter de melhor.

Serviço
Endereço: Rua Gustavo Sampaio, 361, Leme
Tel e reservas.: 3496-7754 (fixo e whatsapp)
Instagram: @yayacomidaria
Horário: 3ª a domingo, a partir do meio-dia
Cartões: débito e crédito
Delivery: Rappi

Nota
Atendimento
Qualidade
Custo Benefício
Ambiente
Jornalista, publicitária, professora universitária de Comunicação, Doutora em Literatura, Bacharel em Direito, gestora cultural e de marcas. Mãe do João e do Chico, avó da Rosa e do Nuno. Com os olhos e os ouvidos sempre ligados no mundo e um nariz arrebitado que não abaixa por nada.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui