O prefeito Marcelo Crivella (PRB) está na corrida para tentar conseguir se reeleger prefeito do Rio em 2020. De acordo com Paulo Cappelli/Extra, nosso alcalde criou mais uma subsecretaria para atender um partido de sua futura coligação, desta vez foi o PRP, a Secretaria de Agricultura e Pesca, que foi para o candidato a vereador em Teresópolis em 2016, e derrotado, Demerval Teixeira Casemiro, que é marido de Eliane Cunha, que é presidente do Patriotas (que se uniu ao PRP por causa da cláusula de barreira) e já foi candidata a prefeita do Rio em 2004 e ao Senado em 2012.

Este ano Crivella já criou 3 secretarias pensando em 2020, ele recriou a de Turismo e Meio ambiente para atender ao PP de Francisco Dornelles, e a de Urbanismo para o PR de Valdermar Costa Neto. E o prefeito ainda deve dividir a Casa Civil, que era do vereador Paulo Messina (PROS) em duas, Secretaria de Governo, voltada para articulação política; e Casa Civil, com atribuições administrativas. O atual secretário, Felipe Ramalho, será substituído.

Inclusive, diz Cappelli, Crivella avaliou que errou ao deixar Messina com toda articulação política, e agora tem participado das conversas. O prefeito está negociando diretamente com os presidentes estaduais e não só com os vereadores.

Sobre o PRP e o Patriota, os 2 partidos juntos tem 5 deputados federais em Brasília, 3 na ALERJ e nenhum vereador. Em 2018 o PRP elegeu Wladmir Garotinho como deputado federal, mas o filho dos ex-governadores saiu do partido este ano e foi para o PSD.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui