Foto: Marcelo Crivella

Em entrevista hoje aos jornalistas Eduardo Ribeiro, Chris Lemos e Sylvestre Serrano, do Jornal da Record, o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, defendeu a flexibilização do isolamento social na capital: “Temos um conselho científico que trabalha comigo desde começo de março, quando tivemos o primeiro óbito. E a gente verificou que se você estender demais o período de afastamento social, você tem efeitos colaterais muito graves”.

A entrevista aconteceu na ‘Live JR’, exibida ao vivo nas redes sociais da Record e no portal R7. “O afastamento social é muito importante até um certo momento”, defendeu Crivella.

Questionado sobre a pressão do setor econômico e se o fator eleitoral deste ano estão cooperando para esta decisão de flexibilizar o isolamento, Crivella respondeu: “Quando temos um conselho científico como eu tenho, não cabe espaço para nenhuma pressão econômica ou ambição eleitoral, porque é decidido tecnicamente”.

Crivella ainda continuou: “Temos seis fases de flexibilização e parâmetros que se não forem cumpridos, não passaremos para outras fases”.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui