Marcelo Crivella
Foto: Reprodução Internet

O prefeito Marcelo Crivella (PRB) teve seu pescoço salvo na Câmara dos Vereadores do Rio. Hoje, 25/6, foi votado o seu processo de impeachment. A votação foi além de qualquer expectativa, 34 votos contra o impeachment e 14 a favor, além de uma abstenção. A maioria dos favoráveis eram do PSol e do PT.

Agora é esperado que uma das CPIs levem a outro pedido de impeachment, desta vez podendo ocasionar uma eleição indireta. Neste caso, a dificuldade de Crivella será muito maior. Se neste pedido, pôde nadar sozinho, oferecendo cargos e benesses a vereadores, no caso de uma indireta, os vereadores farão uma pressão muito maior.

Não é à toa que Crivella já disse que, se for assim, pode renunciar antes de 2020, apenas para que tenha uma eleição direta e prejudique o plano de alguns vereadores. Enquanto isso, bem, o prefeito terá muita dificuldade na Câmara.

1 COMENTÁRIO

  1. Mais uma prova da impunidade que assola o país…
    Que benesses com o dinheiro público serão concedidas aos que votaram contra o impeachment?????

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui