Foto: Alan Santos/PR

Um problema inesperado pode atrapalhar a indicação do nome do ex-prefeito do Rio e bispo licenciado da IURD, Marcelo Crivella (Republicanos), como embaixador na África do Sul, ele está com o passaporte apreendido, como lembrou Lauro Jardim/O Globo.

É que na decisão que, em fevereiro, livrou Crivella da prisão domiciliar, Gilmar Mendes foi cirúrgico: o bispo estava proibido de deixar o país. Mais: foi obrigado a entregar o seu passaporte à Justiça. Um problema e tanto para um embaixador.

Em artigo de opinião, escrevi que não há problemas em Crivella ser embaixador do Brasil. Só esqueci deste pequeno problema legal.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui