Foto: Alan Santos/PR

Um problema inesperado pode atrapalhar a indicação do nome do ex-prefeito do Rio e bispo licenciado da IURD, Marcelo Crivella (Republicanos), como embaixador na África do Sul, ele está com o passaporte apreendido, como lembrou Lauro Jardim/O Globo.

É que na decisão que, em fevereiro, livrou Crivella da prisão domiciliar, Gilmar Mendes foi cirúrgico: o bispo estava proibido de deixar o país. Mais: foi obrigado a entregar o seu passaporte à Justiça. Um problema e tanto para um embaixador.

Em artigo de opinião, escrevi que não há problemas em Crivella ser embaixador do Brasil. Só esqueci deste pequeno problema legal.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui