Crivella fez novo apelo para que as pessoas permaneçam em casa. Foto: Reprodução de Vídeo

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, voltou a alertar a população sobre a necessidade da manutenção do afastamento social, para se evitar o contágio do Coronavírus. Em vídeo publicado em suas redes sociais, na manhã desta segunda-feira (27/04), Crivella disse ter percebido um aumento no número de pessoas nas ruas, ressaltando que máscara não é passaporte para os cidadãos saírem de casa.



Toda manhã o resumo do Rio de Janeiro

Estamos num momento delicado, porque cresce o número de infectados, de internações em UTI e óbitos. Então, é muito importante que as pessoas fiquem em casa. Aquele decreto da máscara é a proteção das pessoas que têm que sair, por necessidade especial ou porque estão trabalhando em atividades essenciais da nossa economia. Mas a regra geral, sobretudo para os idosos, e às pessoas de qualquer idade que tenham comorbidades, como diabetes, pneumonia, tubercucose, efisema pulmonar, insuficiência renal, que estão fazendo tratamento de câncer e a imunidade baixou“, afirmou o prefeito.

Crivella reforçou que as pessoas permaneçam em suas casas e que continuem lavando as mãos com água e sabão.

Se puderem, lavem as mãos também com álcool gel e evitem a todo custo, aglomeração. A máscara não é um passaporte para a gente sair às ruas. Não. É a proteção daqueles que têm obrigação de sair, por atividades essenciais da economia ou porque estão fazendo tratamento médico ou coisa do tipo“, reforçou.

Até esta segunda-feira, a cidade do Rio havia registrado 382 mortes em função do Coronavírus, além de 4.498 casos confirmados. Os números são do Ministério da Saúde.


Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui