Foto: Reprodução/Internet

Já diria Ciro Gomes, a democracia é uma delícia mas tem certos custos. De acordo com o jornalista Cássio Bruno/O Dia, uma pesquisa interna do PSL de intenção de voto para prefeito do Rio em 2020 mostra um crescimento de Marcelo Crivella (Republicanos) após a censura na Bienal e os ataques à Globo. O bispo subiu e agora está empatado com o ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), em 2º. A liderança continua com Marcelo Freixo (PSol).

Mas se entra um Bolsonarista, tira votos de Crivella. No cenário divulgado por Cássio Bruno, o nome é o de Hélio Negão (PSL), que fica em 4º lugar. Nesse cenário, Freixo continua liderando com folha, Paes fica em 2º e Crivella em 3º.

O PSL ainda não decidiu quem será seu candidato, e essa semana lançou mais 2 nomes. Sem contar o sonho de Crivella de ter Bolsonaro em seu palanque logo no 1º turno, apesar de Flávio Bolsonaro já ter jogado um balde de água fria.

Faltando 1 ano para as eleições 2020, ainda não foi divulgada oficialmente nenhuma pesquisa para prefeito do Rio.

3 COMENTÁRIOS

  1. No Brasil não existe pesquisa. O Ibope é o que erra menos. Se dependesse de pesquisa a Dilma seria eleita senadora, o Witzel não seria governador e o Bolsonaro não seria presidente.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui