A Revista Mundo Estranho, sem dúvida uma das melhores revistas sobre curiosidades do país, está fazendo um especial sobre o Pan do Rio. Na revista deste mês, falaram do Engenhão, eu reproduzo parte do texto abaixo.

Cobertura Total
Todos os 45 mil lugares serão cobertos por uma estrutura de alumínio com tratamento acustíco. A cobertura será sustentada por tirantes presos a quatro grandes arcos de aço que ficarão a 70 metros do solo no ponto mais alto. Este conjunto “flutuante” pesará aproximadamente QUATRO MIL TONELADAS apoiado em colunas externas com 45 metros de altura.

Arrasa Quarteirão
O Engenhão ocupa um terreno de 200 mil metros quadrados que abrigava oficinas de manutenção de locomotiva, vagões e peças da estrada de ferro da Central do Brasil.

Preservando o Futuro
Depois do Pan do Rio, o COB pretende aproveitar os antigos galpões da ferrovia para montar um Centro Olímpico de Desenvolvimento de Talentos, com capacidade para atender 6 mil jovens. O maquinário dos galpões pode virar acervo do Museu do Trem também vizinho ao estádio.

Acesso Geral
Todas as rampas para entrada dos torcedores tem inclinação adequada para lomoção de deficientes, são largas o suficiente para a passagem de viaturas e ambulâncias e permitem evacuação total do público em 10 minutos. Além das rampas, 11 elevadores completam as vias de acesso para todos os pontos do estádio.

Correndo por Fora
Além das pistas para corridas, saltos e arremessos dentro do estádio, do lado de fora, em cima de um edifício garagem de dois andares com capacidade para mais de 1600 carros, haverá uma estrutura com pistas iguais as de competição para aquecimento dos atletas.

De Olho na Copa
Depois do Pan do Rio, as reformas continuam. Os passos seguintes serão:

  1. Completar a arquibancada superior, aumentando a capacidade do estádio para 60 mil lugares.
  2. Se o Brasil sediar a Copa do Mundo, em 2014, o gramado será rebaixado e um novo anel de arquibancadas será erguido, aumentando a capacidade para 80 mil lugares.
  3. Depois da Copa, o gramado sobre novamente para dar lugar a um estacionamento subeterrâneo. A pista de atletismo volta e finalmente cheg-se a capacidade definitiva, 60 mil torcedores

Trensporte
Para chegar e sair do Engenhão, o transporte mais indicado durante o Pan do Rio é o trem, que tem uma estação na porta do estádio e promete transportar 25 mil pessoas por hora. Quem preferir ir de carro, a principal via de acesso é a Linha Amarela que liga a Barra da Tijuca (onde acontecerão várias competições) a Zona Norte do Rio.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui