Anchieta

Vamos falar a verdade, o Diário do Rio basicamente fala da Zona Sul, de vez em quando da Barra, Centro e Tijuca. Pois em 2008 fiz um texto baseado em um blog que nem existe mais, o História de Anchieta, bairro do subúrbio carioca, ali na fronteira com Nilópolis.

Que tal conhecer mais da cidade e algumas curiosidades sobre o bairro?

1. O nome do bairro é em homenagem ao padre José de Anchieta

José de Anchieta

José de Anchieta é um dos fundadores da cidade de São Paulo

2. Anchieta pertenceu ao município de Nova Iguaçu até o início do século XX

Nova Iguaçu

Juntamente com Nilópolis, Mesquita e São João de Meriti.

3. A maior praça do subúrbio carioca se localiza em Anchieta, a Granito.

Praça Granito

4. Devido ao clima agradável, D. Pedro II queria construir no bairro um sanatório para tratamento de tuberculosos.

Dom Pedro II

5. Metade do bairro está na Zona Norte, e outra metade na Zona Oeste.

Metade

E é quase Baixada!

6. A partir de Baixada Fluminense, Anchieta é o primeiro bairro do Rio de Janeiro, e uma de suas principais portas de entrada.

Beija Flor

7. A passagem de pedestres (ou simplesmente o túnel de Anchieta) foi inaugurada pelo então presidente Getúlio Vargas no início da década de 50.

Getúlio Vargas

8. Diz-se que havia na região da praça Itanhomi (Mariópolis) um grande cemitério indígena

praça Itanhomi

Daí a origem dos nomes de grande parte das ruas da região (Aiacá, Aiúba, Juarana, Cracituba, Aripuá, Japoara, Araçá, etc.)

9. A nascente do Rio Pavuna se localiza na área militar do Gericinó

Nas divisas entre Anchieta, Realengo e Nilópolis, no Pântano do Sítio do Retiro.

10. O Parque Anchieta é um dos poucos bairros do subúrbio com expectativa de vida maior que a média da cidade (66,6 anos).

3 COMENTÁRIOS

  1. O único prefeito que fez alguma coisa de boa por Anchieta, foi César Maia.
    Nos tínhamos alagamentos horríveis.
    Ele mandou calçar ruas que já constavam como calçadas na prefeitura. Retirou os encanamentos minúsculos que existiam de Anchieta até Deodoro. E acabou com o sufoco dos moradores que quando chovia tinham que se penduradas grades da rede ferroviária ou entrar no lamaçal.
    Bendito César Maia
    Nenhum outro fez nada. Só pediu votos aos moradores.

  2. Parabéns a reportagem. Sou moradora de Anchieta e tenho muito orgulho desse lugar. Em Anchieta existia um movimento chamado ” O Rio começa em Anchieta”

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui