Curiosidades sobre o Cristo Redentor

Cristo RedentorHoje é Natal, a Festa Cristã (não, Simone, não) então por que não falar aqui  no Diário do Rio do maior símbolo católico do Rio de Janeiro e uma das 7 Maravilhas do Mundo, o Cristo Redentor? As curiosidades foram adaptadas da revista Super Interessante de janeiro.

  • Mais de mil toneladas de concreto. Sendo 3,8 toneladas na cabeça e 8 em cada mão
  • O primeiro a vislumbrar o Cristo Redentor no Corcovado foi o padre francês Pierre Boss, no século XIX. Na época o Corcovado se chamava Pináculo da Tentação
  • O concurso para a construção do Cristo Redentor foi iniciado em1921 como parte da celebração dos 100 anos de independência do Brasil
  • No desenho original Jesus seguraria um globo terrestre e uma cruz nas mãos
  • O presidente Epitácio Pessoa irritou a Igreja Batista ao ceder o terreno do Corcovado para a Igreja Católica. Pessoa argumentou dizendo que os católicos pediram primeiro
  • O mestre de obras, Heitor Levy, era judeu. Ao fim da obra já tinha se convertido ao cristianismo.
  • O Cristo Redentor demorou 5 anos para ser construído. Metade do tempo da Estátua da Liberdade
  • A obra também foi bem mais barata, o Cristo Redentor custou 2.500 cotos de réis (R$ 9,5 milhões), a Estátua da Liberdade custou 60.000
  • Construída a 710 metros do chão, não houve acidentes graves
  • A coroa de espinhos é um para-raios
  • A estátua já perdeu por causa de raios sobrancelha, lábio e um dedo
  • O Cristo Redentor tem dois corações um externo e um interno, onde está o nome da família de Levy
  • Atrás dos pedaços de pedra-sabão há os nomes de amigos e familiares das mulheres que fizeram o revestimento
  • Até hoje corre processo entre os herdeiros do arquiteto Heitor Costa e do escultor Paul Landowski para saber quem é o Pai do Cristo
  • Advertisement

    Comente

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui