Foto: Mariana Ramos

Segundo os dados divulgados no último boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde do Rio, 67% das pessoas que precisaram ser hospitalizadas com Covid-19 na capital fluminense apresentavam algum tipo de comorbidade.

As doenças que apresentam o maior índice percentual entre os hospitalizados são as cardíacas, com 38,01%. Em seguida, aparece a hipertensão, com 8,52%. Diabetes vem com 5,16%, e obesidade com 3,04%.

Ranking de hospitalização por Covid-19 no Rio:

  • Doença cardíaca – 38,01%
  • Hipertensão – 8,5%
  • Diabetes – 5,1%
  • Obesidade – 3,04%
  • Câncer – 2,4%
  • Doença neurológica – 1,8%
  • Asma – 1,5%

Calendário de vacinação:

Na quarta-feira (12/05), foi divulgado o cronograma da aplicação da primeira dose que prevê que o público em geral seja vacinado até outubro. Segundo o calendário, está prevista a vacinação de todas as pessoas com comorbidades até o fim de maio. A partir daí começa a imunização de quem tem menos de 60 anos. Serão três dias para cada idade, chegando a 18 anos em 23 de outubro.

Não custa lembrar que isso tudo depende da chegada do imunizante. A gente tem tido nos últimos tempos uma estabilidade na entrega da vacina, principalmente da AstraZeneca”, destacou Paes.

Além disso, Paes também afirmou durante a divulgação do boletim epidemiológico que a Prefeitura está vacinando menos do que gostaria, devido à restrição dos grupos prioritários, determinada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Na última semana, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) suspendeu a vacinação para os profissionais de educação, segurança pública, motoristas e cobradores de ônibus, transporte escolar e serviços de limpeza urbana.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui