PoliticoPorcalhao Mês passado tinha feito um post sobre o site “Político Porcalhão”, era começo de campanha e não estava achando que a rua estava tão suja como eles diziam. Mas hoje vejo diferente, os canteiros andam, ruas, até postes andam um exagero! No Mato Alto, Jacarepaguá, parece uma floresta de placas.

E o pior não é só o “político porcalhão”, é o carioca porcalhão também. Vi uma foto do Osmar Carioca em que uma passarela cheia de panfleto no chão. Custa a pessoa pegar e jogar no lixo? No bolso. Isso não é culpa do político, é culpa da população que pega o papel e joga na rua.

O TRE-RJ divulgou hoje um ranking de políticos “rua-suja” (são classificados como "candidatos ruas-sujas" os políticos que instalam placas em locais proibidos, fazendo acumular "lixo e poluição eleitoral)". Todos pertencem a coligação de Cabral. O pior, Rodrigo Bethlem que se diz o xerife da Ordem Urbana está incluído na lista.

 

O ranking é liderado pela  Família Picciani (Jorge, Leonardo e Rafael Picciani) que tiveram no total 544 placas no total. Veja como ficou:

 

Jorge Picciani, PMDB, senado – 220 placas

Leonardo Picciani, PMDB, dep. federal – 163 placas

Rafael Picciani, PMDB, dep. estadual – 161 placas

Domingos Brazão, PMDB, dep. estadual – 155 placas

Pedro Paulo, PMDB, dep. federal – 142 placas

Rodrigo Bethlem, PMDB, dep. federal – 135 placas

Sérgio Cabral, PMDB, governador – 128 placas

Chiquinho da Mangueira, PMDB, dep. estadual – 117 placas

Carlos Alberto Lopes, PMN, dep. federal – 101 placas

Dionísio Lins, PP, dep. estadual – 72 placas

Pedro Fernandes, PMDB, dep. estadual – 56 placas

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui