Foto: Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

O deputado federal Daniel Silveira (PSL) vai ter de voltar a dormir na prisão, o ministro do STF, Alexandre de Moraes mandou prender o ex-PM nesta quinta-feira, 24/6, por desrespeitar o uso da tornozeleira eletrônica. A decisão foi dada após um pedido da Procuradoria-Geral da República em 5/6. Moraes já tinha multado Daniel em R$ 100 mil por ter violado a tornozeleira, ele tinha 48 horas para pagar a multa. Foram 36 as violações de Daniel Silveira ao uso da tornozeleira.

Silveira tinha sido preso em fevereiro por ter feito ataques aos ministros do STF, incluindo com ameaças físicas, pedindo a destituição deles e apologia ao AI-5. E desde março cumpre prisão domiciliar, a qual desrespeitou.

Atualmente Daniel Silveira também responde a processo disciplinar no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, em razão do vídeo.

Ele era um dos pré-candidatos a prefeito de Petrópolis na possível eleição suplementar que vai ter na cidade. Seria candidato pelo PTB, de Roberto Jefferson, que também queria lançar Silveira candidato ao Senado em 2022.

Saiba de onde vieram os votos que elegeram Daniel Silveira deputado federal.

1 COMENTÁRIO

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui