Secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, e prefeito Eduardo Paes - Foto: Reprodução

Mais um nome para os pré-candidatos a governador do Rio de Janeiro em 2022, desta vez é o do secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Daniel Soranz, que tem feito um grande trabalho durante a pandemia do Covid-19. O nome teria sido lançado em uma reunião de Eduardo Paes (PSD) com as lideranças do PSL, de acordo com Berenice Seara, do jornal Extra.

Com mais mídia que o, até então, candidato de Paes, o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, não tem empolgado nas pesquisas. Enquanto Soranz é presença constante na imprensa carioca e, até o momento, com mais notícias positivas do que negativas.

Berenice lembra que Soranz foi filiado ao PSL em 2020, quando Paes procurava o partido para fazer parte de sua aliança, e o infectologista seria seu vice. Mas o prefeito acabou fechando com o PL do atual vice, Nilton Caldeira, agora partido também do governador Claudio Castro, e Daniel deixou o partido.

Diz Berenice que Soranz nem pode ouvir a ideia de de ser candidato, e que a possibilidade é Zero, que não queria ser vice de Paes, muito menos governador. Entretanto, o PSL, que agora congrega 3 poderosas forças políticas do estado, Garotinho, Waguinho e Brazão, está empolgado com a ideia. Inclusive, o nome de Waguinho, prefeito de Belford Roxo, circula como de provável candidato do partido:

Até o momento estes são os possíveis pré-candidatos que são comentados nos bastidores:

  • Claudio Castro (PL)
  • Marcelo Freixo (PSB)
  • Rodrigo Neves (PDT)
  • Tarcisio Motta (PSol)
  • Waguinho (PSL)
  • Felipe Santa Cruz (PSD)
  • Washington Quaquá (PT)
  • André Monteiro (PTB)

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui