Marcelo Crivella

Pelo jeito a campanha negativa de Marcelo Freixo (PSol) refletiu em perda de votos para ele e não para seu adversário Marcelo Crivella (PRB). De acordo com o DataFolha a vantagem de Crivella que era de 1% subiu para 23%, além de ter ganho 4% de votos e ido para 48%, Crivella viu Freixo cair de 27% das intenções de votos para 25%. Brancos e nulos subiu de 18% para 19%, enquanto indecisos caiu de 9% para 8%.

A vantagem é ainda maior quando se leva em conta apenas os votos válidos, eram 62% a 38%, uma diferença de 24%, e agora é uma diferença de 32%, 66% a 34%.

Mais cedo foi publicado aqui no Diário do Rio, uma leitura feita por Cesar Maia do erro de estratégia de Marcelo Freixo. Sugiro a leitura.

A pesquisa ouviu 1.152 eleitores, entre 13 e 14 de outubro. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Segundo o Datafolha, isso significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O registro dela é RJ-03342/201.

Comente

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui